<
>

Jornal escala 'pior Barcelona dos últimos 20 anos' com Coutinho, Riquelme, Ibra e ex-Palmeiras

O jornal inglês The Sun não poupou ídolos nacionais, jogadores de seleção e Copa do Mundo e nem aqueles considerados craques por quase unanimidade ao escalar o que considera o "Pior 11 do Barcelona" das últimas duas décadas.

A pubicação não deixa muito claro seus critérios, mas traz uma seleção de bastante peso, de quase R$ 2 bilhões, para montar essa esquadra, com atletas que obtiveram sucessos em outras passagens de suas carreiras.

O goleiro é Richar Dutruel, francês de grande destaque no Celta de Vigo que chegou ao Barcelona em 2000 por R$ 22,9 milhões, em dinheiro atual. Jogou só 15 vezes em dois anos.

Na lateral direita, o uruguaio Martin Cáceres, que custou R$ 94 milhões ao clube e veio do Huelva em 2008. Hoje, está na Fiorentina.

O miolo de zaga traz o ucraniano de Dmytro Chygrynskiy (R$ 143 milhões), que veio do Shaktar Donetsk em 2009, e o colombiano Yerry Mina, que brilha no Everton e deixou extrema saudade nos torcedores do Palmeiras(R$ 67,51 milhões).

Na lateral esquerda, vem Thomas Veramelen, chegou ao Barça em 2009, vindo do Ajax, por R$ 108,7 milhões e atuou no clube por cinco anos.

Pelos mesmos R$ 108,7 milhões, o camaronês Alex Song é o primeiro volante. Jogou no clube entre 2012 e 2016. O meio tem ainda o português André Gomes, chegado ao Barcelona em 2016 por R$ 211,68 milhões (atualmente no Everton) e uma surpresa.

Em que pese não ter brilhado na Catalunha, a escalação de Juan Román Riquelme parevce provocação. O vice-presidente do Boca Juniors esteve no clube entre 2002 e 2005.

No ataque, o português Quaresma (R$ 57,21 milhões) e o brasileiro Philippe Coutinho, mais caro do time, com astronômicos R$ 829 milhões em dinheiro atual, fazem as pontas. E, no comando do ataque, nada menos que Zlatan Ibrahimovic: R$ 397,2 milhões.