<
>

Federação Italiana estuda formas de terminar campeonato

play
Duelo injusto? Cristiano Ronaldo desafia a namorada para uma corrida durante treino (0:47)

O astro da Juventus e a modelo Georgina Rodríguez decidiram aproveitar o tempo em isolamento para se exercitarem juntos e resolveram disputar uma corrida para se divertir e manter a forma | Via Instagram @cristiano (0:47)

De acordo com o jornal italiano La Repubblica, a Federação Italiana de Futebol está trabalhando para encontrar formas de concluir a atual temporada. Antes da pausa pela pandemia do coronavírus, a Juventus era líder, só um ponto a frente da segunda colocada, Lazio.

Uma das opções seria fazer um mini torneio com todos os 20 times, em uma espécie de retiro fechado que duraria cerca de 45 dias - algo parecido com uma das sugestões dadas para a Premier League. Treinamentos e jogos não teriam a presença de torcedores ou imprensa, restringindo ao máximo o contato com pessoas de fora. Isso possibilitaria que jogadores e comissões fossem testados regularmente. As partidas seriam realizadas sem VAR, mas para isso seria necessária uma autorização assinada pelos 20 clubes da Série A.

Os jogos aconteceriam em Roma ou em Tivoli, duas cidades situadas mais ao sul do país e em áreas menos afetadas pelo coronavírus - a Lombardia, ao norte, concentra o maior número de casos. Desta maneira, os deslocamentos para jogos seriam mínimos.

Caso a ideia não emplaque, uma alternativa envolveria alteração no calendário. As oito rodadas restantes seriam disputadas até o final deste ano - algo parecido com o que acontece na Argentina, com os torneios Apertura e Clausura. Os times voltariam a campo em Janeiro de 2021 e teriam uma nova pausa em Junho, para a disputa da Eurocopa.

Para que essa proposta evolua, no entanto, a Serie A precisaria entrar em um acordo com Uefa e FIFA para coordenar os calendários com as datas de competições continentais. Também seria necessária uma solução pensando em prazos das janelas de transferência.

Diferentemente da Bundesliga, que sonham em retomar o futebol no começo de maio, a Serie A não tem previsão de data. A Itália é o país mais atingido pela pandemia do coronavírus.