<
>

Vasco planeja redução do elenco para enfrentar crise financeira; veja nomes

A diretoria do Vasco da Gama planeja uma redução do elenco para enfrentar crise financeira, agravada pela paralisação do futebol devido à pandemia do novo coronavírus. A cúpula do futebol vai se reunir nesta terça-feira para avaliar a situação e possíveis movimentações. O Cruz-Maltino tem hoje um elenco composto por 39 atletas.

Devem estar presentes na reunião o VP de Futebol José Luiz Moreira, o diretor Mário Mazzuco, o Coordenador Antônio Lopes e o técnico Ramon Menezes, além do presidente Alexandre Campello.

Afastados do grupo desde o início do ano, o lateral Rafael Galhardo e o meia Bruno César devem encabeçar a lista. Os dois receberam propostas para serem reintegrados,mas não aceitaram os termos apresentados pelo clube.

Além destes, os nomes de William Maranhão, Rodrigo Coutinho e Linnick são fortes candidatos a estarem na lista de dispensas. Com quatro centroavantes no plantel, um deles também deve sobrar. Germán Cano, reforço em 2020 e artilheiro da equipe, está garantido. Ribamar foi bastante utilizado por Abel Braga e parece contar com a simpatia de Ramon. Restam então Tiago Reis e Kaio Magno.

As mudanças não devem se restringir aos atletas e podem alcançar membros da comissão técnica que trabalhou com Abel Braga. Auxiliar do preparador de goleiros Marquinhos Santos, o ex-goleiro Carlos Germano estaria cotado para assumir a posição.

“Se vier o convite pra ficar, não há problema nenhum. Treinaria os rapazes normalmente como sempre foi. Na verdade, eu fui auxiliar no ano e o trabalho vai continuar o mesmo. Eu acho que não tem muito o que mudar não”, afirmou Carlos Germano ao canal Atenção Vascaínos.

Nesta segunda-feira, o Vasco também se manifestou sobre as notícias do interesse do Atlético-MG por alguns de seus jogadores. Segundo informações vindas de Belo Horizonte, três atletas constariam de uma lista de reforços preparada pelo staff do técnico Jorge Sampaoli. São eles o volante Raul, o meia Andrey e o atacante Marrony. Representantes do Cruz-Maltino negaram terem sido contatados por pessoas ligadas ao Galo.