<
>

Palmeiras, Corinthians ou São Paulo? Luizão escolhe o melhor quarteto ofensivo que já jogou; veja qual

play
Campeão com Roberto Carlos no Palmeiras, Amaral conta quando quase morreram por causa de uma vaca após título (2:25)

Resenha ESPN com o folclórico volante foi gravado no começo de 2017 (2:25)

Multicampeão, o ex-atacante Luizão vestiu as camisas de Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Santos e diversos times grandes do Brasil. Mas foi no Palestra Itália que o atacante teve a melhor companhia, segundo ele mesmo. Em entrevista aos canais Fox Sports, o ex-jogador destacou o quarteto ofensivo da equipe alviverde de 1996 como seus parceiro de ataque favoritos na carreira.

“Escolho o Palmeiras de 1996. Infelizmente jogamos pouco tempo juntos, mas foi um time fantástico, que encantou o mundo. Eu sempre disse isso na minha vida, o Palmeiras de 1996 para mim foi muito marcante e não só dentro de campo”, contou, relembrando a parceria com Djalminha, Rivaldo e Muller.

“Eu cheguei no Palmeiras com 20 anos e as pessoas me ajudaram. Você chega moleque e acaba seguindo as pessoas como exemplo na carreira”, seguiu o atacante.

Luizão foi pedido para escolher um quarteto entre os cinco melhores de sua carreira. No Corinthians, dividiu campo com Ricardinho, Marcelinho Carioca e Edílson; no Vasco da Gama com Juninho Pernambucano, Pedrinho e Donizete Pantera; no São Paulo com Mineiro, Danilo e Amoroso; no Palmeiras com Djalminha, Rivaldo e Muller; e no Guarani com Edu Lima, Djalminha (Sandoval) e Amoroso.

Marcando 102 gols em 30 jogos, o Verdão se sagrou campeão paulista de 1996 com ampla vantagem. Depois, a equipe ainda foi finalista da Copa do Brasil e, já sem a mesma configuração, parou nas quartas de final do Campeonato Brasileiro para o Grêmio, que viria a ser campeão.