<
>

Wenger é melhor do que Guardiola? Para Fabregas, treinado pelos dois, sim

Cesc Fabregas já vestiu a camisa de alguns dos maiores clubes do mundo, como Arsenal e Barcelona, conquistou títulos e foi treinado por alguns nomes históricos do futebol: "Tive os melhores treinadores do mundo, não posso me queixar".

E em suas redes sociais, quando perguntado sobre seus ex-comandantes, elegeu Arsène Wenger, que o treinou no Arsenal, e José Mourinho, no Chelsea, como os melhores. Deixando de fora seu compatriota dos tempos de Barcelona, Pep Guardiola.

Mas isso não é novidade na relação entre os dois. Quando retornou ao clube catalão em 2011, Fabregas teve um ótimo início de temporada, foi artilheiro ao lado de Messi por boa parte do ano, mas mesmo assim não agradava o treinador, que o pediu "mais rigor tático".

Por esses tempos, os dois não se tornaram melhores amigos: "Com Guardiola, não entendi bem o sistema. Eu preciso da minha mobilidade, participar mais do jogo", afirmou em outra ocasião.

E a lista de nomes que já criticaram o ex-treinador catalão e atualmente no Manchester City é grande e pesada, com exemplos como Ibrahimovic, Samuel Eto'o, Ribéry, Thomas Muller e Yaya Touré.