<
>

Fifa destaca Amandinha e sua dinastia maior que a de Messi e Marta no futsal feminino

Com o mundo esportivo parado por causa do coronavírus, uma brasileira foi destaque do site da Fifa nesta sexta-feira. Amandinha teve sua dinastia destacada pela principal entidade do futebol mundial.

Na última quinta, a brasileira ampliou sua dinastia no futsal feminino ao ser eleita a melhor jogadora do mundo na modalidade pela sexta vez consecutiva, superando, por exemplo, as quatro conquistas seguidas de Messi, no futebol masculino, e as cinco de Marta, no feminino.

“A dinastia interminável de Lionel Messi durou quatro anos. Marta e Ricardinho (jogador português de futsal) conseguiram cinco seguidas. Mas pela primeira vez na história do futebol, futsal ou futebol de areia, hoje, alguém acordou sendo eleita a melhor do mundo em seu esporte pela sexta vez seguida”, destacou a Fifa.

“Quando vejo estes nomes, faz meu coração disparar, porque são ícones mundiais do esporte. Estou muito feliz, ainda estou absorvendo poder ser mencionada no mesmo patamar destas lendas”, declarou Amandinha ao site da entidade.

Premiada por seu desempenho em 2019, Amandinha repetiu o que havia alcançado em 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018 para alcançar a marca inédita da Fifa.

Não à toa, a entidade a comparou aos maiores nomes do futebol mundial e, diante do desejo manifestado pela brasileira de acompanhar ao vivo a premiação do melhor do mundo da Fifa, brincou: “Você promete que não vai mencionar ter eclipsado o Messi e a Marta?”.