<
>

Atlético-MG: Encostado no River, Pratto cogita sair e clube brasileiro pode ser o destino, diz jornal

Necessidade da tal ‘mudança de ares'? Segundo o jornal argentino “Olé”, talvez seja essa a solução para o atacante Lucas Pratto, do River Plate. O destino do atleta, por sua vez, pode ser o Atlético-MG.

Em um texto publicado na última quinta-feira (26), o colunista Martín Blotto descreve os momentos de altos e baixos vividos pelo centroavante com a camisa do clube argentino.

Segundo ele, Pratto se tornou “ídolo” do River na final da Copa Libertadores de 2018, quando anotou um gol e teve grande atuação contra o maior rival, o Boca Juniors, e também na final da Recopa Sul-Americana, quando derrotaram o Athletico-PR por 3 a 0 (e Pratto e novamente ‘deixou o seu’ em uma decisão).

Porém, o cenário agora é outro. De acordo com o texto, o jogador não foi o mesmo desde o dia 31 de março de 2019, quando sofreu uma fissura no sacro, osso que fica na base da coluna. “Jamais conseguiu recuperar sua melhor versão”, escreveu Blotto. A virada do Flamengo na final da Libertadores disputada em Lima, no Peru, também ‘marcou’ o atacante, que não entrou bem no jogo e 'concedeu' um contra-ataque para um dos gols da equipe carioca, que ganhou por 2 a 1.

Apesar da má fase, é destacado que “o atacante de 31 anos mantém intacta a sua voracidade competitiva”. Em entrevista ao “Playersnet”, o representante do jogador, Gustavo Goñi, disse que “Lucas está como deveria estar”, já que seu estado emocional faz parte de sua “personalidade vencedora”.

Com menos tempo dentro de campo, o futuro do atacante pode ser o ‘velho conhecido’ Atlético-MG, clube que Pratto defendeu em 2017 e, segundo a publicação, também “sempre teve a vontade de repatriar o jogador”.

“De qualquer forma, qualquer negociação com o River não será fácil, já que o ‘Oso’ (apelido de Pratto) é um jogador muito valioso para o clube, para os torcedores e também para Gallardo, que ainda está confiante de que poderá reconquistar o melhor de Pratto”, escreveu.