<
>

Saídas, chegadas e retornos: jornal lista 7 'decisões estratégicas' que Real precisa tomar

play
Marcelo domina com categoria, humilha adversário com chapéu e sai petecando a bola na cabeça (0:24)

Lateral brasileiro mostrou que conhece muito no lance (0:24)

Ao longo da temporada 2019/20, muitos questionamentos cercaram o Real Madrid e o elenco que Zinedine Zidane tinha em mãos. Em meio a paralisação da LaLiga por conta da pandemia do coronavírus, o jornal espanhol Marca listou “sete decisões estratégicas” que o Real deveria tomar para alavancar o seu plantel para a próxima temporada.

De acordo com o periódico, o Real Madrid precisa decidir o futuro de Luka Modric, que possui apenas um ano no contrato. A reportagem afirma que os madrilenhos não dão como certo a permanência do croata, que recebeu uma oferta do Inter de Miami, clube de David Beckham na MLS.

O jogador tem perdido espaço dentro do elenco titular, mas ao mesmo tempo, o jornal afirma que o Real “respeitará qualquer decisão tomada pela lenda do clube”, seja permanecer ou sair.

Além disso, a reportagem pede o retorno do lateral Achraf Hakimi, emprestado ao Borussia Dortmund. O marroquino surpreendeu em seu período na Alemanha, tendo a seu favor a polivalência, sendo capaz de jogar do lado esquerdo ou direito, além de ter sucesso atuando mais avançado.

Mas seu retorno só aconteceria com a “garantia” de que terá oportunidade de jogar. Para isso, o jornal afirma que o Real Madrid buscaria a saída do lateral-esquerdo Álvaro Odriozola, atualmente emprestado ao Bayern de Munique , mesmo que tenha dificuldade de recuperar os 40 milhões de euros (R$ 220 milhões na cotação atual), investidos para tirar o jogador da Real Sociedad em junho de 2018.

Outra grande dúvida para Zidane são os goleiros. Desta vez o francês não se questiona se deve escalar Navas ou Courtois no gol, como fez no passado, mas precisa definir seus reservas.

Alphonse Areola e Andriy Lunin (atualmente emprestado ao Real Oviedo) são vistos como grandes promessas da posição, mas para o Marca, o clube precisa definir rápido quem será o segundo goleiro da próxima temporada.

Luka Jovic, principal contratação do Real na última janela de transferências, segue sendo um problema dentro do clube. O atacante não conseguiu sair da sombra de Benzema e ainda não provou porque os madrilenhos gastaram 60 milhões de euros (R$ 334 milhões) para tirá-lo do Eintracht Frankfurt.

Para o jornal espanhol, os blancos deveriam investir em outro atacante, seja Lautaro Martínez, Kane ou Halland. Mas o importante seria adicionar alguém capaz de produzir ao lado de Benzema.

Outro questionamento ao redor da janela de transferências é Van de Beek. O meia foi um dos principais destaques do Ajax na última temporada e, de acordo com o Marca, o Real tem um acordo verbal com os holandeses para contar com o jogador.

Apesar disso, tempo seria extremamente fundamental, já que Van de Beek é um dos nomes mais cobiçados no mercado. Juventus e Manchester United são fortes concorrentes para contratar o meia, assim que a janela de transferências abrir.

Uma das principais dúvidas no futuro madrilenho é Martin Odegaard. Contratado em julho de 2015, o jogador chegou como uma das grandes promessas do futebol mundial, mas nunca recebeu oportunidades dentro do Real, passando por diversos empréstimos.

Atualmente na Real Sociedad, o jogador despontou como um dos grandes nomes do Campeonato Espanhol. Pelo clube basco, foram 28 jogos e sete gols marcados, além de quatro assistências.

Para o periódico espanhol, o retorno do norueguês é extremamente importante para o clube, já que o atleta de 21 anos “reúne características ausentes no meio campo da equipe: fisicalidade, verticalidade em relação ao gol, além de ter uma qualidade espetacular.”

O sétimo tópico na lista do Marca gira ao redor de Dani Ceballos, volante atualmente emprestado ao Arsenal.

Apesar de exibir seu melhor futebol na Inglaterra, o periódico vê o jogar exibir seu melhor futebol, mas questiona o futuro do jogador na Espanha. Como afirma a reportagem, “opções não vão faltar (a Ceballos), e o Real Madrid sabe que é uma peça com valor no mercado”.