<
>

Vasco oferece São Januário para ajudar no combate ao coronavírus

play
Desafio do papel higiênico e treinos pesados em casa: a 1ª semana da Quarentena dos Boleiros (1:30)

Confira alguns dos melhores momentos da 1ª semana da Quarentena dos Boleiros (1:30)

Assim como fizeram Botafogo e Flamengo, o Vasco também se ofereceu para o combate à pandemia de coronavírus. O clube entrou em contato com o prefeito Marcelo Crivella e colocou a disposição todas as instalações de São Januário.

Em princípio, os cruzmaltinos pensam no ginásio principal do complexo de São Januário, mas a utilização do estádio não está descartada. Além disso, o presidente Alexandre Campello, médico de formação, também se colocou à disposição para ajudar aos afetados pelo coronavírus.

Campello esteve na Itália há cerca de um mês e chegou a ver o início dos problemas causados pela pandemia de coronavírus no país europeu. Enquanto as atividades de combate ao vírus no clube estiverem em vigor, os vascaínos seguirão em quarentena em suas casas.

Para o futebol dentro das quatro linhas, os dirigentes seguem em busca de um nome para substituir Abel Braga, que pediu demissão. Todos os membros da diretoria negam qualquer contato com treinadores.