<
>

Adversários recentes do Flamengo testam jogadores para coronavírus

play
Gian Oddi detona diretoria do Flamengo por querer jogar em meio ao coronavírus: 'Desumana, atitude que beira o mau-caratismo' (1:28)

'Nada justifica'; completou o comentarista (1:28)

Após o teste positivo do técnico Jorge Jesus para o novo coronavírus, não só o departamento de futebol do Flamengo ficou em alerta.

O Junior Barranquilla, da Colômbia, o Barcelona de Guayaquil, do Equador, e a Portuguesa-RJ colocaram seus jogadores em quarentena.

O Junior foi o adversário do Flamengo na estreia da Libertadores, em Barranquilla.

Segundo a imprensa colombiana, dois atletas alvirrubros apresentaram quadro de febre e passaram a serem monitorados.

Depois disso, todos que tiveram contato com os rubro-negros realizaram teste para Covid-19.

O Barcelona enfrentou o Flamengo no Maracanã. Ninguém da delegação equatoriana apresentou qualquer sintoma, mas todos vão realizar exames para excluir o risco de contágio.

Já a Portuguesa foi a última adversária dos flamenguistas, no sábado.

Os dirigentes têm tentado realizar os testes em todos os presentes na partida, mas têm encontrado dificuldade.

No entanto, até o momento, nenhum jogador ou dirigente apresentou qualquer sintoma.

O certo é que o técnico Jorge Jesus espera o resultado do segundo exame, feito nesta terça-feira, para confirmar o contágio.

No primeiro exame, o resultado foi de “positivo fraco/inconclusivo”.