<
>

D’Alessandro se diz envergonhado por confusão no Gre-Nal 424

O primeiro confronto entre Grêmio e Internacional da história da Libertadores acabou empatado em 0 a 0. Contudo, a partida ficou marcada por uma grande confusão entre as equipes, que terminou com a expulsão de oito jogadores, quatro de cada lado.

O meia D’Alessandro, principal liderança do time Colorado, pediu desculpas aos torcedores e declarou que a briga o deixou envergonhado.

D’Alessandro pediu desculpas pela confusão

“Queria primeiramente pedir desculpas ao torcedor que estava no estádio, seja do Grêmio ou do Inter. Temos que ser exemplos e não demos, fizemos todo o contrário. Tentamos controlar, mas não deu. Nada justifica o que aconteceu. Posso falar de um histórico de mais de 30 Gre-Nais e, dos que estive presente, nunca terminou desta maneira”.

“Existe uma rivalidade muito grande, mas nunca pode acabar deste jeito. Este lado e, acredito que o outro também, estão envergonhados, porque o jogo foi muito bom e é a competição mais importante do continente, que foi vista por todo mundo. Então passamos uma imagem que não é a nossa”, completou.

As duas equipes voltam a se enfrentar já no próximo sábado, às 19 horas (de Brasília), no Beira-Rio, pela 4ª rodada da segunda fase do Campeonato Gaúcho. O argentino destacou o que deve ser feito para evitar que a confusão se repita.

“Temos de virar a página, não pode acontecer novamente. A responsabilidade é 100% nossa de saber que temos mais Gre-Nais pela frente. Mas eu não me coloco no lugar de outros, não posso esperar dos outros o que eu faria. Posso errar, já errei muitas vezes. Temos que tirar a máscara e ter respeito”, afirmou.

Antes de enfrentar novamente o Tricolor Gaúcho, o Inter volta aos gramados pelo Gauchão neste domingo, às 19 horas, contra o São José-RS. A partida será com portões fechados por conta do coronavírus.