<
>

Jornal explica por que Militão, 'sem convencer' no Real Madrid, 'faz Atlético de Madrid sorrir'

Após a derrota por 2 a 1 do Real Madrid para o Betis, no último domingo, por LaLiga, o jornal Mundo Deportivo criticou a fraca atuação do lateral/zagueiro Éder Militão.

O ex-são-paulino, que foi contratado do Porto em março de 2019 por 50 milhões de euros (R$ 271,45 milhões, na cotação atual), não teve uma boa atuação como lateral-direito.

De acordo com o periódico espanhol, o Atlético de Madrid cogitou a contratação de Militão na temporada anterior, mas desistiu por causa da forte concorrência e resolveu investir 20 milhões de euros no zagueiro Felipe, ex-Corinthians, que também era do Porto.

A escolha do time colchonero não poderia ter sido mais certeira.

Felipe virou titular, homem de confiança do técnico Diego Simeone e destaque na temporada da Europa.

"Militao deixa Atleti novamente com um sorriso", diz a manchete do artigo do Mundo Deportivo.

Apesar de todas as críticas, Militão deve ser titular na "final" contra o Manchester City, fora de casa, pelas oitavas da Champions, já que Sergio Ramos está suspenso.

Na ida, os merengues perderam por 2 a 1 no Santiago Bernabéu, e agora precisam de um triunfo por dois tentos de diferença (ou um triunfo por 3 a 2, 4 a 3, etc, no Etihad Stadium para avançar.