<
>

Brasileirão: veja quantas rodadas seu time pode ficar desfalcado por Copa América e Olimpíada

A CBF divulgou na última quinta-feira a tabela completa de jogos do Campeonato Brasileiro 2020. E, como de costume, os clubes que tiverem jogadores convocados por suas seleções serão prejudicados.

São duas competições envolvendo seleções no meio do ano. O Brasil jogará a Copa América, de 12 de junho a 12 de julho, e a Olimpíada de Tóquio, de 23 de julho a 8 de agosto. Não haverá pausa no calendário brasileiro para nenhuma destas competições.

Por isso, o prejuízo das equipes do país pode ser gigantesco. Caso a seleção brasileira chegue à decisão da Copa América, os times com atletas convocados serão desfalcados em 10 rodadas somente no Campeonato Brasileiro por causa do torneio continental.

Já a Olimpíada de Tóquio vai tirar os jogadores convocados por três partidas do Brasileirão. Desta forma, um clube pode ficar sem algumas de suas principais peças por 13 rodadas consecutivas.

Atual campeão nacional e da Copa Libertadores, o Flamengo, por exemplo, pode ser penalizado justamente por seu sucesso. Com diversos "convocáveis" no elenco, o time pode perder nomes como Gerson, Arrascaeta, Gabigol, Bruno Henrique, entre outros, na Copa América. Na Olimpíada, pode ficar sem o mesmo Gerson e Pedro.

Vale lembrar que a disputa do futebol na Olimpíada não configura data Fifa e, portanto, os clubes não são obrigados a liberar suas peças. Ao menos na disputa do Pré-Olímpico, neste início de ano, no entanto, os times brasileiros foram bastante complacentes com a CBF e não colocaram qualquer obstáculo para a liberação.

Os torneios de seleções no meio de ano ainda gerarão problemas para os clubes em outras competições. Na Libertadores, os times podem ficar sem seus atletas convocados por dois jogos das oitavas e um das quartas. Na Copa Sul-Americana, em ambas as partidas das oitavas, enquanto na Copa do Brasil o prejuízo pode ser nos dois confrontos das quartas e em um das semifinais.