<
>

Cartola do Real Madrid detona arbitragem em derrota para o City na Champions: 'Distorceu o resultado'

Após a derrota por 2 a 1 para Manchester City, nesta quarta-feira, em pleno Santiago Bernabéu, pelas oitavas da Champions League, o diretor de relações institucionais do Real Madrid, Emilio Butragueño, reclamou muito da arbitragem do italiano Daniele Orsato.

Em entrevista ao canal Movistar, o cartola disse que Sergio Ramos sofreu falta clara de Gabriel Jesus no lance do tento de empate dos Citizens, salientando que a arbitragem "distorceu o resultado" no Bernabéu.

"A noite estava bem encaminhada, mas não terminou bem. Fomos muito bem no lance do 1º gol. A visão de Vinicius Jr. foi perfeita, e a execução de Isco também. Ele não tinha muito espaço para chutar, e mandou muito bem no pé da trave. Tínhamos a partida controlada aí. Eles tinham a bola, mas não nos causavam dano", apontou.

"Aí veio essa jogada (do empate) e creio que Gabriel Jesus se apoia claramente em Sergio (Ramos) para poder cabecear. Essa jogada nos causou muito dano, e a entrada de Sterling deu mais profundidade ao City", analisou.

"Depois, veio o segundo gol. E conforme a partida vinha vindo, 1 a 0 para nós, um bom resultado, depois tudo se distorceu", reclamou.

Butragueño garantiu que a reclamação de Sergio Ramos no lance foi "bastante significativa", mas lamentou o fato de Orsato e a equipe do VAR não terem enxergado falta de Jesus.

Sobre a partida de volta, o dirigente preferiu não palpitar.

"A Champions é uma competição muito particular. Temos que ir ali (ao campo do Manchester City) e ver o que acontece", limitou-se a dizer.

O próximo confronto será dia 17 de março, no Etihad Stadium, em Manchester. Os Citizens jogam por um empate e podem até perder por 1 a 0 que ainda assim se classificam. Já os blancos precisarão ganhar por dois tentos de diferença.