<
>

Jornal analisa até expressão corporal de Coutinho e chama meia de 'espectador de luxo' no Bayern

O jornal Sport, de Barcelona, foi bastante irônico ao falar sobre a atuação do meia Philippe Coutinho, emprestado ao Bayern de Munique pelo Barça, na vitória por 3 a 0 sobre o Chelsea, nesta terça-feira, pelas oitavas da Champions League.

O brasileiro entrou em campo só na metade do 2º tempo, quando os alemães já venciam por 2 a 0 em pleno Stamford Bridge, e pouco foi notado, mesmo com sua equipe ampliando o placar para 3 a 0 pouco depois, por meio do matador Lewandowski.

O Sport analisou até a expressão corporal de Coutinho, dizendo que ele já entra em campo desanimado, e o definiu como um "espectador de luxo" no Bayern.

"Nunca é fácil ser reserva quando seu nome é Coutinho, mas a expressão corporal do brasileiro na hora em que foi chamado para entrar já era era um sintoma do que viria depois. O camisa 10 dos bávaros voltou a disputar minutos na Liga dos Campeões, e o fez em um momento da partida no qual o Bayern já vencia por 2 a 0. Os alemães tinham o jogo nas mãos, contra um Chelsea que tentava marcar em cima e deixava cada vez mais espaços atrás", escreveu.

"Ainda assim, nem com tudo isso Coutinho conseguiu realizar uma boa atuação. Tocou na bola três vezes na quase meia hora em que esteve em campo. E isso que ele foi colocado em campo para dar algo mais de controle à partida, após a lesão de Coman. O brasileiro entrou em campo e o melhor que conseguiu fazer foi sair junto na foto de comemoração do 3º gol do Bayern", acrescentou.

"Tudo isso é mais uma mostra que o brasileiro não está feliz na Baviera. A mudança de treinador pouco o ajudou. Com Niko Kovac, ele era praticamente titular indiscutível, enquanto para Hansi Flick, o técnico atual, a equipe é Thomas Muller e mais 10", analisou.

O diário ainda afirmou que Coutinho vem tendo diversos momentos de "azar" no futebol alemão.

"Coutinho tampouco está tendo sorte. Além de suas más atuações, o brasileiro está vendo Thomas Muller jogar em nível extraordinário. Seja dando assistências ou chutando a gol, Muller está tendo uma 'segunda juventude' com um Flick que não duvidiu em lhe dar a titularidade", salientou.

Na atual temporada, o camisa 10 tem 29 jogos, 7 gols e 8 assistências pelo Bayern.