<
>

'El Loco' Gatti põe Pelé acima de Maradona e 'diminui' Messi: 'Até Ronaldinho Gaúcho foi melhor'

play
Messi ou Maradona? Veja o cara a cara entre os gênios argentinos (4:46)

BB debate compara os ídolos de Barcelona e Napoli (4:46)

O ex-goleiro Hugo "El Loco" Gatti, que durante a carreira teve passagens destacadas por River Plate, Boca Juniors e seleção argentina, criou enorme polêmica em seu país ao falar de alguns dos maiores nomes da história do futebol.

Em participação no famoso programa esportivo espanhol "El Chiringuito de Jugones", do canal La Sexta, Gatti foi questionado sobre quem teria sido melhor entre Maradona e Messi, por conta da partida desta terça-feira entre Napoli e Barcelona, pela Champions League.

"El Loco", então, desatou a falar e "diminuiu" muito Messi, afirmando que ele sequer se compara a Maradona.

No entanto, o argentino polemizou ainda mais ao disparar algo que é praticamente "proibido" de se dizer em seu país natal: que o brasileiro Pelé foi o maior de todos os tempos.

"(Messi) Está muito longe (de Maradona). Pelo que eu vi (de Maradona), Messi sequer existe", bradou.

"Eu joguei no Boca e na seleção argentina com Maradona. Diego foi melhor, sem discussão. Messi não o superou. Além disso, Diego aparecia nos momentos importantes, em partidas importantes. Messi, não", acrescentou.

"Volto a repetir, porque não me canso, mas o melhor que vi na vida foi Pelé, depois Alfredo Di Stéfano. O resto vem atrás", prosseguiu.

"E até Ronaldinho, em seu melhor momento, foi melhor que Messi", completou, em sua série de "bombas".

Na carreira, o excêntrico ex-jogador foi multicampeão pelo Boca, ganhando três Argentinos, duas Libertadores e um Mundial de Clubes pelos xeneizes.

Pela seleção, ele disputou a Copa do Mundo de 1966, e foi titular em praticamente toda a preparação para o Mundial de 1978, na Argentina.

No entanto, acabou não sendo convocado para aquela Copa pelo técnico Cesar Menotti, perdendo a chance de se sagrar campeão com a Albiceleste sobre a Holanda.