<
>

'Aqui no Água Santa também se trabalha', dispara presidente sobre menosprezo ao clube

play
Pintado dispara contra a arbitragem em jogo contra o Corinthians: 'Água Santa teve quatro pênaltis não marcados' (0:43)

Treinador do time de Diadema reclamou publicamente em sua coletiva pós-jogo (0:43)

O presidente do Água Santa, Paulo Farias, divulgou uma nota através da assessoria do clube para lamentar o menosprezo que o time vem tendo de lidar após vencer o Corinthians, no último sábado, por 2 a 1.

Passada a partida, o mandatário não gostou de como a mídia abordou o tropeço do Timão e fez questão de dar os méritos aos seus atletas.

Farias aborda, principalmente, as reclamações da arbitragem. Os corintianos alegam que a bola tocou no braço do autor do segundo gol do Água Santa, mas, para o presidente do clube de Diadema, o time vem sendo mais prejudicado do que ajudado pelos juízes neste Campeonato Paulista.

“Estou muito surpreso com o que estou vendo e ouvindo na mídia. Já fomos prejudicados, é só procurar observar os jogos e vão notar que um pênalti não foi marcado na estreia contra o São Paulo, na partida contra a Ferroviária foram dois pênaltis e apenas um marcado, e no jogo contra o Botafogo a própria imprensa de Ribeirão Preto reconheceu mais um pênalti não anotado pelo árbitro", afirmou Paulo Farias.

"Enfim, os erros acontecem, só que estão diminuindo o tamanho e a importância da nossa vitória contra um dos gigantes do futebol nacional. Falam que no lance do nosso segundo gol a bola teria tocado na mão do nosso atacante, algo bastante discutível, pois também podemos lamentar a mão do lateral Fagner, dentro da área, o que seria mais um pênalti não anotado a nosso favor no Paulistão", prosseguiu.

Após iniciar o Paulista de maneira bastante ruim, perdendo nas três primeiras rodadas e conquistando sua primeira vitória apenas no seu quinto compromisso na competição, o Água Santa atualmente figura na zona de classificação ao mata-mata do Estadual, com 8 pontos, à frente de Ponte Preta (7) e Oeste (4) e atrás apenas do Santos, que tem 11 pontos.

“Lutamos com muita garra para que o Água Santa se mantenha na principal divisão do Campeonato Paulista e atualmente, com oito pontos, estamos na segunda posição do grupo. Como presidente, não posso permitir que tirem o brilho do nosso grupo de trabalho. Sei da dedicação e empenho de todos para mudar a fase que estamos passando, já que que começamos a competição com três derrotas e, desde a chegada do técnico Pintado, foram duas vitórias e dois empates”, ressaltou Farias.

“Sei que muita gente só sabe olhar o mundo de um lado, mas não posso deixar de enfatizar que aqui no Água Santa também se trabalha sério e com muito esforço para conseguir as metas. Nosso clube não deve nada a ninguém, pagamos salários rigorosamente em dia, estamos melhorando nossas estruturas, buscando nosso espaço e queremos crescer. Sei que ainda somos pequenos, é verdade, porém, queremos respeito por tudo o que construímos em muito pouco tempo de existência. Como presidente, não posso admitir que invertam as coisas. Não foi o Corinthians que perdeu, foi o Água Santa que venceu. E isso me deixa com muito orgulho”, concluiu.