<
>

Bayern sofre contra lanterna Paderborn, mas Lewandowski garante liderança no apagar das luzes

Abrindo a 23ª rodada da Bundesliga, o líder Bayern de Munique recebeu o lanterna Padeborn e sofreu muito, mas venceu por 3 a 2, com Lewandowski marcando no apagar das luzes.

A partida, que tinha tudo para ser uma vitória tranquila dos mandantes, foi extremamente complicada. E com o líder entrando em campo antes dos concorrentes, a obrigação é de fazer a lição de casa. Os concorrentes, RB Leipzig e Borussia M'Gladbach, dependeriam só deles para assumir a liderança caso os bávaros não vencessem - e assim foi até os 44 do segundo tempo. Do outro lado, o lanterna podia deixar a zona de rebaixamento apenas com um empate, mas levou um golpe fatal no fim e segue em último.

A partida foi movimentada desde o apito inicial. Logo com três minutos, o Paderborn assustou com um gol de Mamba, anulado por impedimento. O Bayern logo dominou as ações e abriu o placar com 25, após Gnabry se livrar de quatro marcadores e bater cruzado. Logo em seguida, Lewandowski parou no goleiro Zingerle e não conseguiu ampliar.

Aos 44, Srbeny foi lançado na ponta direita e chegou antes de Neuer, que foi até fora da área para cortar a jogada, mas não conseguiu. Lá, o atacante deu um rolinho no goleiro, entrou na área e igualou o marcador. No minuto seguinte, quase que o time de Munique retomou a liderança, quando Tolisso bateu para o meio da área, a bola desviou na zaga e bateu no travessão.

O segundo tempo elevou a moral do goleiro Zingerle, que fez uma sequência de milagres logo no primeiro minuto, parando um chute cara a cara de Lewandowski e uma cabeçada à queima-roupa do mesmo atacante. Mas o artilheiro não podia ia passar batido, e foi perfeito na próxima tentativa, quando recebeu passe da esquerda, de Gnabry, e bateu de primeira para fazer o gol.

Entretanto, o lanterna não se rendeu e correu atrás do ponto fora de casa. A partida era cada vez mais aberta, e aos 30 do segundo tempo Sven Michel aproveitou rebote de Neuer em chute da esquerda e tocou para o gol vazio. Até o apito final, o duelo seguiu no ritmo 'toma lá, dá cá', mas as chances reais de gol não foram tão corriqueiras.

Mas no fim, quem tem Lewandowski tem tudo, e o artilheiro garantiu os três pontos. Após tabelar com Gnabry e ver o chute do francês parar no goleiro, o camisa 9 ficou ligado, aproveitou o rebote e matou o jogo aos 43 do segundo tempo.

Ficha técnica

Bayern de Munique 3 x 2 Paderborn

GOLS: Gnabry e Lewandowski (x2) (BAY) e Srbeny e Michael (PAD)

BAYERN DE MUNIQUE: Neuer; Kimmich, Hernández e Alaba; Tolisson, Thiago, Davis (Zirkzee) e Odriozola (Coman); Gnabry e Coutinho (Müller); Lewandowski. Técnico: Hans-Dieter Flick

PADERBORN: Zingerle; Jans, Strohdiek, Schonlau e Holtmann (Jastrzembski); Gjasula, Vasiliadis, Antwi-Adjej, Proeger e Srbeny (Fridjónsson); Mamba (Sven Michel). Técnico: Steffen Baumgart

Estatísticas

Lewandowski marcou pelo segundo jogo seguido e aumentou sua marca para 24 gols na temporada - artilheiro isolado da Bundesliga

No primeiro turno, o duelo entre os dois também foi apertado, com vitória do Bayern fora de casa pelo mesmo placar: 3 a 2


Na tabela

  • Bayern de Munique - 1º, com 49 pontos em 23 jogos

  • Paderborn - 18º, com 16 pontos em 23 jogos


Na agenda

Os dois times só voltam a jogar pela Bundesliga no próximo final de semana:

  • Sábado, 29/02, 11h30 - Hoffenheim x Bayern de Munique

  • Sábado, 29/02, 11h30 - Mainz x Paderborn

Antes disso, o Bayern joga pelas oitavas de final da Champions League:

  • Terça-feira, 25/02, 17h - Chelsea x Bayern de Munique