<
>

Abel terá dez dias para encontrar formação ideal no Vasco

play
Vasco recusou técnico do Del Valle e preferiu o mais caro Abel Braga, lembra Nicola: 'É um absurdo' (1:11)

Miguel Ángel Ramírez, que enfrentou o Flamengo na última quarta, foi oferecido ao time cruzmaltino (1:11)

O desempenho do Vasco da Gama até aqui no ano não está sendo considerado bom. O time sofreu para eliminar o Oriente Petrolero, da Bolívia, na primeira fase da Copa Sul-Americana e também teve que se desdobrar para passar pelo Altos, do Piauí, na primeira fase da Copa do Brasil. Soma-se a isso a precoce eliminação na fase de grupos da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.

Nesta sexta-feira, o plantel voltou aos treinos após o empate sem gols com a equipe da Bolívia e o próximo compromisso será a estreia na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, dia 29 de fevereiro, contra o Resende, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Os dez dias para trabalhar a equipe são o prazo que o técnico Abel Braga terá para melhorar o esquema e encontrar a escalação ideal. Nos bastidores da Colina, fala-se que o presidente Alexandre Campello e alguns dirigentes estão insatisfeitos com o que vem acontecendo, incluindo as mudanças na formação, que têm sido constante.

Nas entrevistas, Abel procura valorizar os progressos do time, porém, os mesmos são considerados tímidos. O treinador fracassou no esquema com excesso de volantes no meio, uma vez que ele era pautado na chegada dos mesmos na área adversária, estratégia que deu certo com Vanderlei Luxemburgo em 2019.

É neste cenário que o Vasco vai passar o Carnaval treinando e se preparando para o restante da temporada. Existe a certeza, porém, de que um mau desempenho contra o Resende pode encurtar a passagem de Abel pelo clube.