<
>

Barcelona contrata Braithwaite, e Leganés promete brigar 'até última gota de suor' para conseguir reposição

O Barcelona anunciou nesta quinta-feira a contratação do atacante Martin Braithwaite, do Leganés. A transferência, que acontece após o fechamento do mercado nas principais ligas europeias, foi permitida graças a uma norma especial da Federação Espanhola em casos de lesões graves, como a de Ousmane Dembélé.

A equipe da região metropolitana de Madri, entretanto, não gostou nada do que aconteceu.

“O atacante Martin Braithwaite não continuará no Leganés após ser paga sua cláusula de rescisão nesta quinta-feira na sede de LaLiga. O atacante de 28 anos continuará sua carreira no Barcelona depois que o clube azul-grená foi autorizado a contratar um jogador devido à lesão de larga duração de Ousmane Dembélé”, comunicou o clube em seu site oficial.

“O clube não tinha nenhuma intenção de negociar e sempre remeteu à cláusula de rescisão”, explicou o diretor-geral Martín Ortega em entrevista coletiva concedida nesta quinta.

“Queremos levantar a voz. Nos encontramos numa situação de prejuízo enorme e grave. Não podemos entender o regulamento atual de que um clube, ao ter uma lesão de larga duração, possa realizar essa operação de forma unilateral e transportar seu problema a outro clube”, reclamou o dirigente.

“Entenderíamos que essa norma pudesse se aplicar em caso de mútuo acordo entre os clubes, mas a normal atual vai contra a igualdade entre clubes. Vamos gastar todas as nossas balas diante de uma situação que gera um dano irreparável”, continuou ele.

Agora, é o Leganés quem precisa pedir autorização à Federação Espanhola para contratar fora da janela. Contudo, a situação não é uma lesão, como está previsto no regulamento, mas uma transferência para outro clube.

“LaLiga realizou uma consulta com a Federação Espanhola prevendo esta situação. Na noite de ontem recebemos a comunicação da Federação de que eles não acham conveniente julgar algo que ainda não havia sido consumado, insistindo ao clube que faça uma consulta”, explicou Ortega.

“Uma vez depositada a cláusula, realizamos a solicitação à Federação e ficamos esperando a resposta”, disse o dirigente, que espera substituir um atacante que vinha sendo titular de sua equipe.

“Que ninguém pense que vamos abaixar a guarda. Nos custou muito para chegar na primeira divisão e nos mantermos aqui, vamos suar até a última gota. Temos plena confiança nos nossos jogadores e no corpo técnico. Que ninguém pense que estamos rebaixados”, concluiu o diretor-geral.

O Leganés é o atual penúltimo colocado em LaLiga, com 19 pontos em 24 jogos. Os ‘Pepineros’ estão a dois pontos do Celta de Vigo, 17º na tabela e primeiro time fora da zona de rebaixamento.