<
>

Presidente do Barcelona se reúne com Messi e líderes do grupo para explicar escândalo e nega envolvimento do clube

play
Barcelona contratou empresa para falar bem de cartolas e detonar ídolos, diz rádio (3:36)

A E3 Ventures estaria por trás de dezenas contas no Facebook e no Twitter que publicaram ataques à imagem de Messi, por exemplo, por causa de sua demora em renovar contrato (3:36)

O presidente do Barcelona, Jose Maria Bartomeu, se reuniu com Messi, Busquets, Piqué e Sergi Roberto, principais líderes do grupo, e também com o técnico Quique Setién, para explicar a versão oficial do clube sobre o recente escândalo das redes sociais.

Segundo apurou a ESPN, a conversa de pouco mais de meia hora aconteceu em clima de tranquilidade.

Aos ‘capitães’, Bartomeu repetiu o que já havia falado de forma pública em sua primeira aparição após o surgimento dos rumores. E disse que o clube desconhece qualquer atividade ligada à empresa I3, acusada de disparar mensagens contra os atletas do Barça e proteger o cartola.

O presidente também deixou claro que nunca teve intenção de prejudicar a equipe e enfatizou seu descontentamento pelas atividades suspeitas. Além disso, afirmou que as medidas jurídicas necessárias serão tomadas.

O dia completo

O presidente do Barça apareceu no CT da Catalunha no final da tarde após um dia frenético, que começou cedo com uma reunião com seus companheiros para definir como prosseguir após as acusações de escandâlo.

Em meio às denúncias, Bartomeu até cancelou sua participação em um evento, seguido por um almoço, com personalidades do clube. Afinal, preferiu se preparar para a conversa com os atletas que, num primeiro momento, aconteceria antes do treino, mas aconteceu ao final da atividade.