<
>

Manchester United admite vender Pogba na próxima janela, mas não a qualquer preço

Paul Pogba espera sair do Manchester United na próxima janela de transferências, mas o clube está determinado a não deixar o meio-campista ir embora por qualquer preço.

O astro francês estava ansioso para largar o Old Trafford já na temporada passada, mas foi convencido a ficar por mais um ano pelo técnico Ole Gunnar Solskjaer. O meia campeão do mundo em 2018 tem três clubes como "destinos preferidos": Real Madrid, Barcelona e Juventus.

Apesar das declarações públicas de Solskjaer de que Pogba não será vendido, há um sentimento crescente de que o jogador - e seu agente Mino Raiola - está se tornando uma distração muito grande e que deve seguir sua vida em outro lugar.

No entanto, o United insiste em particular que não será prejudicado durante as negociações e está preparado para manter sua avaliação na casa dos 150 milhões de libras.

Pogba tem 18 meses restantes no contrato que assinou quando foi comprado da Juventus por 89,3 milhões de libras em 2016, e o ​​United também tem a opção de prorrogá-lo até junho de 2022.

O time de Manchester se sente preparado para negociar com qualquer concorrente sério, mas ainda há dúvidas significativas sobre se Barcelona, ​​Real Madrid ou Juventus poderiam arcar com o valor da transferência e com o salário de Pogba.

O francês não joga pelo United desde que entrou como substituto no intervalo da vitória por 4 a 1 sobre o Newcastle, em 26 de dezembro, e jogou só oito vezes nesta temporada. Ele foi submetido a uma cirurgia no tornozelo em janeiro. Na época, fontes disseram à ESPN que o procedimento era para corrigir um defeito osteocondral.

Ele começou a correr sem o elenco, mas, devido à seriedade do problema, o clube se recusa a colocar uma previsão de retorno ao time principal.

Pogba respondeu bem ao tratamento e há esperança de que ele esteja novamente disponível nesta temporada. Vale lembrar que a França tem a disputa da Eurocopa, e Pogba é parte importante do time. Mas o United está sendo bastante cauteloso porque esse tipo de lesão atrapalhou diversos jogadores,

O meio-campista inglês Gary O'Neil ficou parado por oito meses durante um período no West Ham após ser operado por conta de um defeito osteocondral do tornozelo, em 2011.

Depois de atacar Solskjaer pelo Twitter na segunda-feira, Raiola voltou a falar sobre o futuro de Pogba em uma entrevista ao talkSPORT na terça-feira.

"Me perguntaram se ele gostaria de ir para a Itália, e eu estou respondendo como Mino Raiola - não posso fazer isso?" disse Raiola. "Eu nunca disse que ele é meu, mas isso não quer dizer que eu não possa responder algo se perguntado".

"Ele trabalha no United, mas o United não é seu dono. Pogba e eu respeitamos o United. Não tenho problemas com o Manchester United. Não há divisão entre mim e o Manchester United. Ole já brigou comigo duas vezes em outras ocasiões, mas isso depende dele".

"A única coisa que importa é voltar o mais rápido possível para entrar no time. Cabe ao técnico escolhê-lo e se concentrar para que o United tenha uma boa temporada", finalizou.