<
>

Jornal teme reação de Messi em novo escândalo no Barcelona: 'Por muito menos, ficou uma fera'

play
Barcelona contratou empresa para falar bem de cartolas e detonar ídolos, diz rádio (3:36)

A E3 Ventures estaria por trás de dezenas contas no Facebook e no Twitter que publicaram ataques à imagem de Messi, por exemplo, por causa de sua demora em renovar contrato (3:36)

Após o estouro do escândalo envolvendo a empresa de mídias sociais I3 Ventures, que teria sido contratada para elogiar os cartolas do Barcelona e criticar os jogadores do clube na web, a equipe catalã vive dias de tormenta.

E, segundo o jornal El Confidencial, especializado na coberturas dos bastidores dos clubes, espera-se uma reação ainda mais intempestiva do craque Lionel Messi, que era justamente um dos "alvos" das críticas feitas por meio das contas controladas pela I3 Ventures.

O jornal lembrou a recente "explosão" de Messi contra o secretário-técnico do Barça, Éric Abidal, depois que o dirigente afirmou, em uma entrevista, que "vários jogadores" estavam insatisfeitos com o trabalho do técnico Ernesto Valverde.

O camisa 10, por sua vez, usou seu Instagram para reclamar de Abidal e dizer para o francês dar nome aos bois, já que estaria sujando a reputação de todos os atletas com suas declarações.

"Bartomeu e cia. estão obrigados a dar explicações, e tudo isso ocorre no pior momento possível. Eles estão na corda bamba, e são não despencaram ainda porque Messi, por exemplo, segue estando muito comprometido com o time", escreveu o diário.

"Mas se for confirmado que uma conta de uma empresa paga pelo Barça publicou mensagens machistas que menosprezavam sua mulher, como fez a Alter Sports, sua reação pode ser imprevisível. Por muito menos que isso, ele ficou uma fera com Abidal", recordou.

O El Confidencial prevê que o escândalo terá influência não só no desempenho esportivo dos blaugranas, mas também nas próximas eleições do clube, em que a oposição entraria fortalecida pelas trapalhadas recentes da situação, encabeçada por Josep Maria Bartomeu.

E vale lembrar que, nesta terça-feira, o contrato entre o Barcelona e a I3 Ventures foi rompido...