<
>

Sánchez freia empolgação com Jesualdo e culpa jogadores por não apresentar melhor futebol

Sánchez marcou um gol em cinco partidas nesta temporada

O futebol do Santos segue sendo alvo de críticas. Com o pouco tempo de trabalho, Jesualdo Ferreira ainda não conseguiu implementar sua ideias de jogo. Carlos Sánchez acredita que os principais responsáveis pelas atuações do Peixe são os próprios jogadores.

“Ainda não encontramos a forma de jogar, mas isso é nossa culpa, por ainda não se adaptar ao estilo de Jesualdo. Vamos trabalhar melhor, concentrar mais para que não aconteça lá na frente o que aconteceu domingo contra a Ferroviária”, comentou.

O uruguaio não poupou críticas ao futebol apresentado pelo Santos no empate do último domingo, em Araraquara. Na saída do gramado, o meio-campista alegou que faltou atitude ao time e que isso não deveria se repetir.

Apesar da falas contundentes, Sánchez acredita que o momento se deve pelo período de adaptação do novo treinador à frente do Alvinegro da Vila Belmiro. Evitando comparações, o atleta de 35 anos lembrou o começo de Sampaoli, em que a equipe também recebeu críticas e depois deslanchou.

“Todo início tem um período de adaptação. No começo do Sampaoli, nós também não conseguíamos fazer tudo que ele pediu e foi um bom amadurecimento. Agora acontece a mesma coisa. São sistemas diferentes, formas diferentes de se trabalhar, sem querer fazer comparação”, disse.

Em seis jogos, Jesualdo tem 61,1% de aproveitamento, com três vitórias, dois empates e uma derrota. O próximo desafio será diante do Ituano, em Itu, no sábado, às 16h30.