<
>

Pedro, do Flamengo, processa Fluminense e cobra mais de R$ 2 milhões de ex-clube na Justiça

play
André Kfouri elogia reação do Fluminense no clássico: 'Mostrou coragem e personalidade' (2:15)

Comentarista se mostrou impressionado com o desempenho tricolor na reta final da partida (2:15)

O atacante Pedro, atualmente no Flamengo, entrou com ação na Justiça cobrando mais de R$ 2 milhões do Fluminense, seu ex-clube.

A notícia foi publicada primeiramene pelo jornal Lance! e confirmada pela ESPN, que teve acesso à ação.

No processo, que corre na 14ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, Pedro pede R$ 2.240.257,08 da equipe das Laranjeiras.

Dentre as cobranças feitas pelo centroavantes, figuram sete meses de FGTS, as férias relativas ao final de 2018/início de 2019, o 13º salário proporcional de 2019.

Além disso, Pedro também requer "bichos", despesas médicas, verbas rescisórias e honorários advocatícios.

Na ação, chama ainda a atenção o fato dos representantes de Pedro solicitarem que a lesão sofrida pelo atacante no joelho, em agosto de 2018, seja reconhecida como "acidente de trabalho".

Desta forma, há pedido de indenização pela não contratação de seguro obrigatório por parte do Flu, no valor de R$ 1.082.766,48.

No despacho do processo, o juiz Marco Antônio Belchior da Silveira, responsável pela causa, marcou audiência de conciliação para 24 de março, às 9h35 (de Brasília).

Além disso, o magistrado optou por não atender o pedido inicial do jogador na ação - ele queria receber imediatamente as verbas rescisórias e o FGTS -, já que prefere deixar o Flu se manifestar primeiro.

Pedro jogou pelo Fluminense entre 2016 e 2019, sendo inclusive convocado para a seleção brasileira no período.

Vendido à Fiorentina, da Itália, no ano passado, ele ficou pouco tempo na equipe italiana, sendo contratado pelo Flamengo em 2020.

No momento, ele soma dois gols marcados em três partidas pelo Rubro-Negro.