<
>

De derrota em final a gol e vitória no Camp Nou: relembre as 4 vezes em que Deyverson enfrentou o Barcelona

Deyverson tem boas lembranças para enfrentar o Barcelona neste sábado (15), no Camp Nou, pela 24ª rodada de LaLiga. Na última vez que o atacante do Getafe visitou o clube catalão, o desfecho foi único para o jogador: gol e vitória no tradicional estádio da Catalunha diante de um time que tinha Messi, Neymar e Iniesta em campo.

Mas essa não foi a única vez que ele enfrentou o Barça. Será o quinto encontro entre o ex-atacante do Palmeiras e o clube catalão. As partidas anteriores foram com as camisas de Levante e Alavés.

Em uma das ocasiões, Deyverson chegou até a ser chamado de "jogador completo" por ninguém menos que Luis Enrique, atual técnico da seleção espanhola.

Os quatro encontros entre Deyverson e Barcelona:

Barcelona 4 x 1 Levante - 20/09/2015

A primeira vez que Deyverson enfrentou o Barça foi em 2015, no Camp Nou. O confronto válido pela quarta rodada de LaLiga acabou com uma vitória sonora do clube catalão para cima do Levante: 4 a 1, com gols de Neymar, Lionel Messi (duas vezes) e Marc Bartra.

Deyverson, no entanto, jogou somente a partir da reta final. Ele entrou em campo aos 23 minutos do segundo tempo, logo após a sua equipe marcar e diminuir o placar para 3 a 1. Mas a reação parou por aí, e o atacante ainda viu o clube catalão sacramentar a goleada nos acréscimos.

Levante 0 x 2 Barcelona - 07/02/2016

Naquela mesma temporada, Deyverson teve nova chance contra o Barcelona. Desta vez, como titular.

Na ocasião, o Levante era o lanterna do Espanhol e ofereceu pouca resistência a Messi e companhia. Para piorar, o Barça vinha embalado e chegou ao 28º jogo de invencibilidade ao vencer por 2 a 0.

Deyverson criou chances, mas acabou substituído aos 24 minutos do segundo tempo.

Barcelona 1 x 2 Alavés - 10/09/2016

Depois de duas derrotas, a redenção. E em grande estilo.

No terceiro encontro diante do Barça, Deyverson foi decisivo e anotou o primeiro gol da vitória por 2 a 1 em pleno Camp Nou.

Já com a camisa do Alavés, o brasileiro roubou a cena na casa dos catalães quando completou cruzamento de Kiko Femenía e mandou para a rede, silenciando o estádio. Embora o Barcelona tenha apostado em time misto para iniciar a partida, Neymar estava entre os titulares. Messi, Suárez e Iniesta foram acionados a partir do segundo tempo, mas não conseguiram evitar o triunfo do Alavés.

Barcelona 3 x 1 Alavés - 27/05/2017

A quarta partida, e última até aqui, foi na final da Copa do Rei.

Antes da decisão, Deyverson preocupava o Barça. Prova disso, é que o técnico Luis Enrique elogiou o brasileiro em entrevista coletiva e disse que a equipe teria dificuldade em marcá-lo.

"Deyverson é um dos atacantes complicados do futebol espanhol por seu nível técnico e também pelo físico. É muito bom no jogo aéreo, um lutador nato, continua as jogadas que cria para seu time na segunda bola. Chega muito bem na conclusão, é muito rápido na transição. É um jogador completo, que sempre será complicado de enfrentar e que é um jogador chave para o jogo do Alavés", disse o então treinador do Barça.

Mas, na hora de decisão, o dia era do Barcelona. Messi e Neymar marcaram e comandaram a vitória por 3 a 1. O jogo foi a despedida de Luis Enrique, que deixaria o clube na sequência.

Durante os 90 minutos, Deyverson não conseguiu repetir o brilho do jogo anterior. Ele chegou a desperdiçar uma oportunidade e acabou advertido com o cartão amarelo já no fim da partida por atingir Iniesta com o braço.