<
>

Cantillo vê arbitragem mais rígida com Corinthians e diz que é hora de o time mostrar que é forte

O meia Víctor Cantillo estava visivelmente abatido após a queda do Corinthians na segunda fase preliminar da Copa Libertadores. Deixou a Arena Corinthians cabisbaixo e falando de forma mais tímida. Como muitos do time, não gostou dos critérios usados pela arbitragem.

“Com dez minutos ele [Nestor Pitana] já tinha dado três amarelos para nosso time. A impressão é que foi mais rígido conosco. Podia ter administrado alguns lances no início do jogo. Dado cartões se sentisse que as jogadas passaram do limite”, disse o colombiano.

Questionado se não faltou os jogadores do time alvinegro conversarem mais com o juiz argentino, Cantillo discordou.

“A gente não podia falar com ele porque já estávamos com jogadores com cartão, como eu. O rigor dele foi muito alto, mas é importante que a gente deixe claro que não foi por isso que fomos eliminados”.

O Corinthians venceu a partida por 2 a 1, mas a eliminação aconteceu pelo critério de gols fora de casa. No Paraguai, havia perdido por 1 a 0.

Cantillo disse que a equipe não poderá pensar muito na eliminação. E lembrou que é possível reagir já no próximo sábado, contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista.

“É o momento de levantar a cabeça, ser forte e superar. Temos de treinar e seguir porque a temporada é longa”.