<
>

LDU avisa: não comprará Sornoza, do Corinthians, por R$ 22 milhões

A LDU, do Equador, afirmou nesta sexta-feira que não comprará o meia Sornoza, emprestado pelo Corinthians, ao final da temporada.

A equipe de Quito acertou o empréstimo sem custos do armador no início de janeiro, assumindo apenas seu salário de US$ 100 mil (R$ 431,5 mil) por mês.

Para tê-lo depois do período de um ano, porém, a LDU teria que desembolsar US$ 5 milhões (quase R$ 22 milhões), algo que já avisou que não fará.

"Sornoza veio em um empréstimo sem custos. O problema é que a opção de compra é de US$ 5 milhões. Então, só teremos o atleta por um ano", sentenciou Esteben Paz, presidente da Comissão Executiva da LDU, ao jornal El Comercio, o mais importante do Equador.

Desde que chegou, Sornoza, de 26 anos, vem sendo titular absoluto do time de Quito e ganhou a Supercopa do Equador.

Segundo o El Comercio, o armador é considerado "um das melhores contratações para a temporada 2020 do Campeonato Equatoriano".

Na LDU, aliás, ele vem sendo treinado por Pablo Repetto, mesmo técnico com quem foi vice-campeão da Libertadores de 2016, pelo Independiente Del Valle.

Seu contrato com o Corinthians vai até dezembro de 2022.