<
>

Negociação com o Almería é interrompida, e Scarpa é reintegrado ao elenco do Palmeiras

A venda do meia Gustavo Scarpa, do Palmeiras, ao Almería, pode não mais acontecer.

Segundo apurou a ESPN, a negociação entre a equipe brasileira e o time espanhol encontra-se interrompida no momento.

Isso ocorre porque o Almería não conseguiu viabilizar perante à Liga espanhola algumas manobras de caixa para estar dentro das regras de fair play financeiro vigentes no país, o que fez o clube recuar na negociação.

Anteriormente, a equipe comandada pelo bilionário Turki Al-Sheikh havia oferecido 7 milhões de euros (R$ 32,71 milhões) pelo meio-campista, mais a participação em 30% do lucro de uma futura venda.

As conversas podem voltar a ocorrer, mas, no momento, estão estagnadas.

Com isso, Scarpa foi reintegrado ao elenco do Palmeiras.

Ele vinha treinando separado do elenco desde que a negociação com o Almería foi iniciada - mesmo caso do volante Matheus Fernandes, que está fechando com o Barcelona.

Nesta terça-feira, ele não participou do coletivo alviverde, e, portanto, não deve ser usado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo na quarta, contra o Ituano, pela estreia do Paulistão.

Todavia, deve passar a treinar normalmente na quinta-feira, voltando a trabalhar ao lado do plantel novamente.

Vale lembrar que o armador não foi usado por Luxa na Florida Cup, justamente por estar envolvido nas conversas com o Almería.

Scarpa, que custou 6 milhões de euros (quase R$ 24 milhões, na cotação da época) ao Verdão, tem contrato no Palestra Itália até dezembro de 2022.