<
>

Ultima vitória do Arsenal na casa do Chelsea teve gol de André Santos e Lampard x Arteta

Dois dos maiores rivais da Inglaterra, Chelsea e Arsenal voltam a se enfrentar nesta terça-feira, pela 24ª rodada do Campeonato Inglês. O palco do clássico será o estádio Stamford Bridge, onde os Gunners não vêm encontrando vida fácil e já somam mais de oito anos sem vitória. A ESPN Brasil e o WatchESPN transmitem o duelo às 17h05 (horário de Brasília).

O último triunfo do Arsenal na casa do Chelsea aconteceu em outubro de 2011, e foi um jogaço: 5 a 3. Depois disso, foram oito partidas entre os rivais no Stamford Bridge, com seis vitórias dos Blues e dois empates.

Curiosamente, um dos gols do Chelsea naquela partida foi marcado por Frank Lampard, hoje técnico da equipe. E um de seus marcadores do outro lado era Mikel Arteta, justamente o atual comandante do Arsenal.

O hoje treinador espanhol passou em branco naquela oportunidade, mas não fez falta para o Arsenal. Depois de Lampard abrir o placar, começou o show pessoal de Robin van Persie, que praticamente garantiu o triunfo com um “hat-trick”, incluindo dois gols nos minutos finais, quando o placar estava em 3 a 3.

Outro que deixou sua marca pelo Arsenal naquela ocasião foi o brasileiro André Santos, em um raro momento de brilho em meio à apagada passagem por lá. Quem também marcou pelos visitantes foi Walcott, enquanto John Terry e Juan Mata descontaram para o Chelsea.

Passados mais de oito anos daquele sábado, o cenário de ambos os rivais é completamente diferente. Lampard e Arteta dão os primeiros passos na carreira de técnico por suas ex-equipes, e no primeiro encontro entre eles nesta nova função, melhor para o ex-meia do Chelsea, que levou os Blues à vitória por 2 a 1 em 29 de dezembro, em pleno Emirates Stadium.

De fato, Lampard vem conquistando mais sucesso neste início de trajetória. Mesmo com um elenco bastante jovem, ocupa atualmente a quarta colocação no Campeonato Inglês, com 39 pontos, dentro da zona de classificação para a Champions League.

Já Arteta assumiu um Arsenal em turbulência, após a demissão de Unai Emery em novembro, e ainda não conseguiu alavancar a equipe, que está na décima posição, com 29 pontos.

Um triunfo sobre o rival, encerrando o jejum em Stamford Bridge, pode ser fundamental para esta reação tão sonhada pelos Gunners.