<
>

Oeste elimina o São Paulo e pega o Grêmio na semifinal da Copinha

A caminhada do São Paulo na Copa São Paulo terminou na noite deste sábado. Na Arena Barueri, o Oeste mostrou um futebol envolvente para ganhar do adversário tricolor por 2 a 1 e garantir presença na semifinal do tradicional torneio dedicado aos juniores.

No primeiro tempo, o Oeste inaugurou o marcador por meio de gol de cabeça de Douglão e o São Paulo empatou com Matheus, também de cabeça.

Na etapa complementar, posicionado para contra-atacar, o time rubro-negro definiu com Reifit.

Com o triunfo sobre o São Paulo, o Oeste garante presença na semifinal da Copa São Paulo e briga por uma vaga na decisão contra o Grêmio. Do outro lado, o Corinthians encara o Internacional, o que abre a possibilidade de um clássico gaúcho na decisão do torneio.

O Jogo

O Oeste conseguiu inaugurar o marcador logo aos seis minutos do primeiro tempo. Em cobrança de falta, o meio-campista Brunão levantou a bola na área. O zagueiro Douglão levou a melhor na jogada pelo alto e usou a cabeça para vencer o goleiro Matheus Cunha.

Em um começo de jogo movimentado, o São Paulo não demorou para igualar o placar. Aos 14 minutos da etapa inicial, Antônio Falcão cobrou escanteio pela esquerda e mandou a bola para dentro da área. Matheus, também de cabeça, empatou para o time tricolor.

Os dois times criaram novas chances de gol ainda no primeiro tempo. Nas melhores chegadas do Oeste, Welliton chutou por cima após cruzamento de Reifit e Matheus Cunha defendeu cabeçada de Douglão. Pelo São Paulo, Maia acertou o travessão de Márcio.

Logo no começo do segundo tempo, em jogada de contra-ataque, Reifit recebeu pela direita, carregou para dentro e chutou com muito perigo. Pouci depois, na resposta do São Paulo, Juan desviou após bola cruzada na área e obrigou Márcio a defender em dois tempos.

O Oeste retomou a vantagem no marcador aos 29 minutos da etapa complementar. Em cobrança de falta da defesa, Douglão bateu para frente. Tite girou em cima da marcação, levou até o fundo e cruzou rasteiro. Livre dentro da área, Reifit apenas completou para o gol.

O São Paulo sentiu o gol e, desde que foi vazado pela segunda vez, não atacou mais com o mesmo ímpeto.

Nos minutos finais, após bicicleta de Fasson dentro da área, Nathan chegou a acertar a trave do Oeste.

Na última chance do jogo, Welliton tomou a bola, arrancou e falhou na tentativa de driblar Matheus Cunha.