<
>

Atlético-GO contrata goleiro Jean, do São Paulo, por empréstimo

play
São Paulo: Fernando Diniz opina sobre polêmicas de Jean e Arboleda (0:42)

Jogadores se envolveram em problemas durante as férias de final de ano (0:42)

O Atlético-GO contratou o goleiro Jean por empréstimo nesta sexta-feira (13). Adson Batista, presidente do clube, confirmou a contratação à reportagem do ESPN.com.br e irá fazer um pronunciamento em entrevista coletiva em breve.

O jogador de 24 anos foi preso em 18 de dezembro durante suas férias em Orlando, nos Estados Unidos, acusado de agredir a esposa Camila Bemfica e posteriormente liberado sem pagamento de fiança. O processo segue na Justiça americana.

Por conta do incidente, Jean teve seu contrato suspenso pelo São Paulo no começo do ano. O vínculo com a equipe tricolor vai até 2022 e, caso o clube rescindisse, teria que pagar todos os valores do contrato, possibilidade descartada pelo São Paulo.

Entenda o caso

Acusado de agressão pela esposa, Jean foi detido pela polícia de Orlando, nos Estados Unidos, na manhã de 18 de dezembro. A ficha do atleta foi divulgada pelo Departamento de Correções do Condado de Orange, na Flórida.

De acordo com as informações da ficha, Jean foi detido às 7h27 (horário de Orlando) e pré-sentenciado por violência doméstica. Conforme a lei dos Estados Unidos, o atleta conta com o pressuposto de inocência.

As acusações de Milena Bemfica ocorreram na madrugada de quarta-feira, por meio de publicações no Instagram. Ela divulgou vídeos mostrando ferimentos no rosto e pedindo ajuda: "Eu estou aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude! Jean acabou de me bater. Gente, socorro!".

Advogado de goleiro Jean, a revista: 'Todas as famílias têm discussões' Jean rebateu as publicações com uma mensagem privada à esposa: "Parabéns. Terminou com a minha carreira. E suas filhas vão passar fome", teria escrito o jogador.