<
>

Revista diz que Thomas Müller está nos planos de técnico da Alemanha para Tóquio 2020, e jogador fala a respeito

O técnico da seleção alemã sub-21, que irá dirigir a equipe olímpica em Tóquio 2020, tem um “plano espetacular em mente” para o torneio: Thomas Müller. A informação foi publicada nesta segunda-feira pelo site da revista Kicker.

O meia-atacante do Bayern de Munique não é mais chamado pela seleção principal, desde que Joachim Löw disse em março de 2019 que não contava mais com ele, Jérôme Boateng e Mats Hummels.

Autor de dez gols em Copas do Mundo, campeão em 2014 e com um total de 100 partidas pelo país quatro vezes campeão mundial, o atleta de 30 anos vive boa temporada pelo seu clube, sendo o líder em assistências nesta edição da Bundesliga.

"É uma ideia louca legal, mas tanto para mim quanto para minha esposa isso não é mais alta prioridade em 2020", afirmou o próprio atleta ao site Sport1, citando a esposa Lisa, que é amazona.

"Eu não sei quais circunstâncias devem ser envolvidas para que eu jogo a Olimpíada, quando, em agosto, as equipes já estão se preparando para a temporada. Isso seria incomum. Eu vou dizer dessa forma: nunca diga nunca. Mas é fato que a Olimpíada ainda não está nos meus planos", afirmou.

Para os Jogos Olímpicos, as seleções contam com jogadores até 23 anos, mas há três exceções. A questão é convencer os clubes, uma vez que eles não obrigados a liberar seus atletas para a disputa.