<
>

'Bando de filhos da...': presidente do Sport se irrita com especulações sobre Diego Souza

O presidente do Sport, Milton Bivar, escancarou sua irritação com os rumores sobre a contratação de Diego Souza. Em entrevista à Rádio Jornal, o dirigente negou que esteja negociando com o veterano de 34 anos e disparou contra a antiga direção do clube: “Bando de filho da...”.

A iminente saída de Diego Souza do Botafogo intensificou os rumores sobre a possibilidade de um acerto com o Sport. Bivar não escondeu que gostaria de contar com o jogador, mas explicou que a atual situação financeira do clube dificilmente permitirá que o retorno aconteça. E mais, garantiu que as especulações foram geradas pela antiga diretoria.

“Isso é uma coisa que está me deixando chateado, mas infelizmente faz parte, a gente tem que entender. Um grupo, aquele mesmo grupo do ano passado, que eu denomino ‘um bando’. Vou sem bem claro, ‘um bando de filhos da…’. Você completa como você quiser. Esse bando, com esses caras, se infiltrou com jornalistas canalhas para perturbar. O único objetivo é jogar a torcida contra a direção. Inventaram que já teve acerto com Diego Souza, que o Sport não fechou porque Milton Bivar não quis. Que o Diego Souza deu um desconto de não sei quantos mil, viria jogar no Sport por amor e estava tudo certo. Eu entrei nessa história de gaiato. Não se trata de nada disso, é uma armação”, afirmou.

Diego Souza já teria definido a situação de sua saída com o Botafogo, onde teve uma passagem sem brilho no ano passado. O jogador é sonho antigo do Sport, clube que defendeu com destaque em 2016 e 2017, mas o próprio Bivar admite que uma enorme redução salarial seria necessária para o acordo ser selado.

“Eu acho que, por mais que se queira dar um desconto e tudo mais, o salário de R$ 600 mil cair para R$ 130 mil, R$ 150 mil? Para isso, teria que dar um desconto de R$ 450 mil. Eu, em muitos anos de futebol, nunca vi isso. Em um período de dois anos, ele teria um prejuízo de uns R$ 10 milhões. Você acha que um jogador de futebol, por mais amor que tenha ao clube, vai ter um prejuízo de R$ 10 milhões para vir jogar no Sport? Não vai. Ele, primeiro, tem que pensar nele”, comentou.