<
>

LaLiga: Cucurella, do Getafe, nega racismo em discussão com Militão durante vitória do Real Madrid

Uma discussão entre Cucurella e Eder Militão durante a vitória do Real Madrid por 3 a 0 sobre o Getafe por LaLiga, neste sábado, causou repercussão na Espanha.

A rádio Cadena Ser disse que o meia - emprestado ao Getafe pelo Barcelona - chamou o brasileiro de "puto mico" (puto macaco, em português) através das imagens da transmissão (ASSISTA ACIMA).

O diário AS, porém, afirmou ser inconclusivo o que disse Cucurella, pois parece que ele afirmou para o zagueiro do Real calar o "puto pico" (bico, em português).

Pouco depois, o próprio jogador do Getafe foi às redes sociais e negou racismo contra Militão.

"Gostaria de esclarecer que em nenhum momento insultei nem desqualifiquei Militão. Minhas palavras foram 'fecha o puto pico'. Peço perdão se alguém se sentiu ofendido por ele. Estas são as únicas declarações que fiz e que vou fazer a respeito. Obrigado", escreveu.

Militão foi titular e ajudou na vitória do Real, que chegou a 40 pontos na classificação e disputa com o Barça a liderança do campeonato.