<
>

No River Plate, Lucas Pratto termina 2019 com marca impressionante na Libertadores

Com mais partidas, mais vitórias e mais gols, o 'MVP da Libertadores' na década é Lucas David Pratto.

Estatisticamente, ninguém bate o atacante que conta com 74 partidas, 39 vitórias e 25 gols na competição, apesar de ter apenas um título com o River Plate em 2018.

Fundamental na final contra os maiores rivais Boca Juniors, o argentino chegou ao clube em janeiro daquela temporada do título por 13 milhões de euros.

Porém, terminou 2019 como o vilão por "entregar" a bola que gerou o empate do Flamengo, antes da virada, na final desta temporada e afirmou nunca ter se sentido tão triste em todos os seus 31 anos.

E por conta de lesões e más atuações, perdeu sua posição de titular na equipe e tenta começar a caminhar de volta para a melhor versão que já vimos de Pratto.

Inclusive, combinou com a comissão técnica exercícios para realizar durante as férias para manter a forma e voltar bem do recesso em 3 de janeiro.

O atacante quer deixar para trás o que aconteceu na final da Libertadores, a má fase no segundo semestre de 2019 e a lesão, quer mostrar a Marcelo Gallardo, que solicitou sua chegada, que não pertence ao banco de reservas e deve ser o 'camisa 9' titular.