<
>

Aos 23 anos, lateral Edison Realpe, da LDU, morre em acidente de trânsito

O lateral Edison Realpe, da LDU de Quito, morreu neste domingo, aos 23 anos, em um acidente de trânsito ocorrido em uma estrada da província costeira de Esmeraldas, no noroeste do Equador.

"Comovidos pela confirmação da terrível notícia da morte de Edison Realpe, todos nós da Liga Deportiva Universitária compartilhamos nossa nota de pesar para sua família e amigos. Que ele descanse em paz", pronunciou-se a LDU pelo Twitter.

"Sempre vamos recordá-lo pela sua alegria no vestiário e pela sua dedicação em campo. Ele foi um herói na final (do Campeonato Equatoriano) de 2018 e um amigo para todos no vestiário. Hoje temos que dizer adeus a um grande ser humano. Para sempre, Edison!", acrescentou a campeã da Taça Libertadores de 2008.

A Federação Equatoriana de Futebol (FEF) também reagiu em sua conta na mesma rede social e expressou sua consternação com a morte do jovem jogador. "Nós, membros da Federação Equatoriana de Futebol, expressamos as nossas mais profundas condolências pela morte do jogador Edison Realpe", publicou.

Realpe defendeu a LDU nas duas últimas temporadas, e uma das suas melhores atuações aconteceu na final do Campeonato Equatoriano de 2018, contra o Emelec, quando precisou ser improvisado como zagueiro e ajudou sua equipe a segurar a vitória por 1 a 0 e conquistar o título.

Segundo a imprensa local, o lateral defenderia o El Nacional no ano que vem, já que não renovaria o contrato com a LDU, que termina no próximo dia 31.