<
>

Pela Champions, Atlético desdenha de duelo com Liverpool, mas Klopp responde: 'Não acho que Simeone esteja pulando de alegria'

play
Champions League: os confrontos das oitavas de final da competição estão definidos (0:55)

Quem se deu bem e quem terá problemas na próxima fase, fã de esporte? (0:55)

Atlético de Madrid x Liverpool foi um dos confrontos definidos nesta segunda-feira (16) para as oitavas de final da Champions League e ambas as equipes já se declararam sobre o “intenso” confronto.

O presidente do Atlético, Enrique Cerezo, foi rápido ao revelar que gostou do sorteio, mesmo pegando o atual campeão do torneio logo na primeira fase do mata-mata. Mais do que isso, afirmou que “o problema” é de quem enfrenta seu time.

“O Liverpool é uma grande equipe, mas problema têm eles. Até fevereiro estaremos nos preparando”, disse o presidente, que ainda brincou: “Todas as eliminatórias estão 50/50. Ao Liverpool digo que ‘aqui estamos’. Não preferia outro time porque gosto do Liverpool, da cidade e dos Beatles”.

Do outro lado, o treinador dos Reds, Jurgen Klopp, não deixou de mencionar o desafio que o técnico adversário terá, além de recordar outras passagens do time inglês pela capital espanhola.

“Teremos uma boa eliminatória, com dois jogos difíceis, como deve ser, mas como costumamos dizer, não acredito que o Sr. Simeone esteja correndo pela sala e pulando de alegria porque vai enfrentar o Liverpool. O duelo é de duas equipes acostumadas a jogar um futebol intenso e com diferentes estilos”.

“Foi um resultado interessante. Antes do sorteio, pensei que iríamos a Madrid, enfrentar um dos times da cidade, e assim foi. De Madrid só guardamos recordações fantásticas, todos nós, e isso é ótimo, mas desta vez o adversário é o Atlético”.

Líder da Premier League com certa folga, o Liverpool se prepara para uma semana bem intensa, com jogo contra o Aston Villa na terça-feira (17), pela Copa da Liga Inglesa, e no dia seguinte estreando no Mundial de clubes, no Catar, contra o Monterrey.

O Atlético só se preocupa com LaLiga até dia 9 de janeiro, quando visita o Barcelona para disputar vaga na final da Supercopa da Espanha.