<
>

Romário cria 'Comenda Rei Pelé' para homenagear esportistas do Brasil

Senador pelo Rio de Janeiro, Romário (Podemos) protocolou uma homenagem ao Rei Pelé, 79, para celebrar anualmente esportistas que alcancem destaque no Brasil.

A oficialização da "Comenda Rei Pelé", deve ser anunciada pelo senador nos próximos dias, segundo apurou a reportagem da ESPN Brasil. Ela será instituída por ato da Mesa do Senado.

No final da década de 90 e início dos anos 2000, os dois chegaram a ser envolver em polêmicas. Romário não gostou de ver o Rei dando palpites em sua carreira. Chegou a declarar que o "Pelé calado é um poeta".

A escolha dos candidatos a "Comenda Rei Pelé" será feita por senadores de cada um dos partidos políticos. A forma de escolha do homenageado e a forma de entrega do prêmio vão ser divulgadas nas redes do senador.

Na justificativa, Romário argumentou que Pelé "levou o nosso futebol ao patamar de referência e potência mundial. Transformou-se no mito sagrado dos gramados em todo o Planeta. Virou o 'Rei do Futebol'. Ainda um jovem franzino, foi campeão do mundo com apenas 17 anos, na Suécia".

"Aclamado atleta do século XX pelo Jornal francês L’Equipe, em votação que envolveu jornalistas de todo o mundo, Pelé é o maior símbolo de nosso esporte, e vértice maior da principal modalidade praticada no Brasil, o futebol. Nelson Rodrigues costumava dizer que “Pelé já era o maior antes de ser, e continuará sendo mesmo depois de ter sido”, argumentou Romário.

Leia abaixo:

“O Senado outorga comendas anuais com nomes de personalidades que se destacaram nas diferentes atividades públicas, sociais, políticas, culturais etc. Mas faltava essa, que homenageia o Rei Pelé, por tudo o que ele representa para o esporte, em geral, e para o futebol, em particular. Pelé fez o Brasil e o brasileiro serem reconhecidos em todo o Planeta”.