<
>

Santos confirma pedido de demissão, e Sampaoli não é mais técnico do clube

play
Antero elogia passagem de Sampaoli no Santos e diz: 'É uma ruptura abrupta, triste, desagradável' (2:35)

O Peixe confirmou o pedido de demissão do treinador (2:35)

Jorge Sampaoli não é mais treinador do Santos.

Como informado mais cedo pelo ESPN.com.br, o treinador pediu demissão em reunião com o presidente José Carlos Peres na manhã desta terça-feira. Na conversa, o clima esquentou e o argentino chegou a chamar o cartola de mentiroso.

De noite, o Twitter oficial do Santos informou o fim da passagem do técnico pelo clube.

"O Santos FC comunica que, na data de 09/12/2019, em reunião realizada pela manhã no CT Rei Pelé, o treinador Jorge Sampaoli pediu demissão do cargo. Uma vez comunicada a demissão pelo treinador, o caso foi entregue aos departamentos jurídico e de recursos humanos do Clube."

Em seguida, o clube agradeceu o treinador pelo trabalho realizado na temporada de 2019. No ano, o clube foi até as semifinais do Campeonato Paulista, mas não passou do Corinthians. Na Copa Sul-Americana, foi eliminado na primeira fase para o River Plate do Uruguai. Depois, na Copa do Brasil, caiu nas oitavas para o Atlético-MG. No Brasileirão, fez sua melhor campanha da história dos pontos corridos, com 74 pontos, e foi vice-campeão

O argentino é especulado como futuro comandante do Palmeiras, que ainda busca um diretor de futebol. Apesar do desejo, valores assustam. O Racing Club também queria Sampaoli, mas é possível que já tenha 'jogado a toalha'.