<
>

Palmeiras repudia liminar que concedeu torcida única ao Cruzeiro

O MP-MG (Ministério Público do Estado de Minas Gerais) informou neste sábado que conseguiu uma liminar na Justiça comum para que a partida entre Cruzeiro e Palmeiras, neste domingo, seja realizada com torcida única no Mineirão.

"A Justiça atendeu o pedido do MP-MG e determinou que a CBF e a FMF realizem a partida deste domingo, pelo Brasileirão, apenas com torcedores do time mandante. A medida se faz necessária por questão de segurança", informou o órgão.

"A decisão também determina que o Cruzeiro não comercialize ingressos para a torcida visitante, sob pena de multa de R$ 10 mil para cada bilhete vendido', completou.

A medida da Justiça comum vai na contramão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que, na última sexta-feira, negou pedido do Cruzeiro para que o jogo fosse com torcida única.

Por meio de nota oficial, o Palmeiras repudiou a liminar.

"A Sociedade Esportiva Palmeiras vem, mais uma vez, manifestar sua discordância sobre o tema torcida única. Toda vez que o poder público lança mão dessa medida está contribuindo para a depreciação do produto futebol", escreveu.

"O Palmeiras entende que torcida única é uma medida paliativa e que não deve jamais ser aplicada de maneira casuística, visando vantagem competitiva. Nosso entendimento é de que apenas uma ação que englobe todas as entidades que atuam no mercado do futebol poderá trazer mudanças efetivas sobre esse assunto", completou.

O duelo entre a Raposa e o Verdão será neste domingo, às 16h (de Brasília), pela última rodada da Série A.

Se não ganhar a partida, o Cruzeiro será rebaixado pela primeira vez na história para a 2ª divisão.

Além de vencer, o clube celeste ainda depende de uma derrota do Ceará para o Botafogo, no Rio de Janeiro, em partida que também acontece no domingo, às 16h.