<
>

Corinthians não vê Copa Flórida como vilã para Pré-Libertadores e lembra 2015

O Corinthians não conseguiu vaga direta à fase de grupos da Copa Libertadores de 2020. Isso quer dizer que o Timão terá um confronto eliminatório na competição continental logo em fevereiro.

A situação gera preocupação tanto dentro do clube quanto entre torcedores, haja vista os casos do próprio Corinthians, em 2011, contra o Tolima, e também do São Paulo nesse ano, frente ao Talleres.

A pré-temporada, agendada para começar em 8 de janeiro, inevitavelmente terá de ser acelerada pela comissão técnica a ser comandada por Tiago Nunes. Nem por isso a Copa Flórida é encarada como um problema.

Afinal, o Corinthians terá dois compromissos nos Estados Unidos. Primeiro, dia 15 de janeiro, contra o New Yourk City. Depois, contra o Atlético Nacional-COL, dia 18. Na sequência, a delegação retornará ao Brasil.

A partir daí, serão 18 dias de preparação até o desafio pela Pré-Libertadores, marcado para ter seu embate de abertura em 5 de fevereiro, ainda com confrontos indefinidos.

Antes, uma espécie de primeira fase da Pré-Libertadores será disputada entre times de países mal posicionados no ranking da Conmebol, casos de Peru, Equador, Uruguai, Paraguai e Venezuela.

Bom exemplo a seguir

Em 2015, o Corinthians passou por uma situação semelhante a que se apresenta para 2020. Mano Menezes deixou o comando do time ao fim da temporada anterior e deu lugar a Tite, que teve de administrar pré-temporada, Copa Flórida e Pré-Libertadores em menos de dois meses.

À época, também havia tensão oriunda de todas as partes pelo início da temporada, mas o Corinthians chegou bem preparado para o jogo que importava. Enfiou 4 a 0 no Once Caldas em Itaquera e depois garantiu sua vaga na fase de grupos do torneio continental com um empate por 1 a 1, fora de casa.

Cássio, Fagner, Gil, Ralf, Jadson e Walter são jogadores do atual elenco e que passaram por aquela experiência, há pouco menos de quatro anos.

O Corinthians também disputou a Copa Flórida em 2016, 2017 e 2018.

“A gente entende que nos anos que o Corinthians foi, fez bons jogos. Entendemos esses jogos como importantes. São equipes qualificadas. Como preparação é muito bom”, comentou Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol corintiano, logo após o clube confirmar a ida à Libertadores, em Fortaleza.

A estreia da equipe no Campeonato Paulista está marcada para 22 de janeiro.