<
>

Nem derrota para o Flamengo abalou: River fará estátua maior ainda e atrasa homenagem para Gallardo

O River Plate receberá o San Lorenzo no próximo domingo no Monumental de Núñez pelo Campeonato Argentino, e uma homenagem era esperada: a inauguração da estátua a Marcelo Gallardo. O evento ocorreria um dia antes do aniversário de um ano do título da Libertadores diante do Boca Juniors.

Agora, é esperado que o monumento fique pronto apenas no início de 2020. E se engana quem pensa que isso possa ser resultado da derrota para o Flamengo na decisão da Copa Libertadores deste ano. Muito pelo contrário.

A mudança de data se dá pelo fato de o clube preparar uma estátua ainda maior para o treinador que está no cargo desde 2014.

"Foram tantas doações de chaves, que decidimos que a escultura a cargo da artista Mercedes Savall seja ainda maior do que pensado originalmente. Não queremos que nenhuma chave fique sem ser parte do maior monumento do mundo dedicado a um jogador/treinador do futebol. Estamos em condições de dizer que a estátua do Muñeco levantando a taça da Libertadores irá superar os 7m de altura, quase meio metro a mais que a de Labruna”, disse o River, segundo publicou o jornal Olé.

“Mas, para poder cumprir com isso, vamos levar algumas semanas mais do que o estipulado originalmente e a data será no começo de 2020. Muito obrifado por suas doações e suas mensagens, nos emocionam diariamente!"

As chaves mencionadas são para serem derretidas e assim fornecerem o material para a construção da estátua.

Como atleta, Gallardo ganhou seis títulos do Campeonato Argentino e uma Libertadores. Já como treinador, levou o time a um título da Copa Sul-Americana, dois da Libertadores, entre outros.