<
>

Cruzeiro terá que superar 'vilões' que rebaixaram o rival Atlético-MG para afastar 'fantasma' da queda

play
Torcedores do Cruzeiro abordam presidente, falam em brigar com jogadores e ameaçam elenco de morte (2:10)

Wagner Pires aparece em vídeo que está circulando nas redes sociais, onde o cobram pela situação da equipe no Brasileiro (2:10)

O Cruzeiro entra em campo nesta segunda-feira, em São Januário contra o Vasco, às 20h para uma de suas três “finais” na luta contra o rebaixamento.

A equipe celeste tem 36 pontos e ocupa a 17ª colocação no Campeonato Brasileiro, a primeira na zona de rebaixamento, dois pontos atrás do 16º, o Ceará.

Curiosamente, nas próximas duas rodadas do Brasileiro, o Cruzeiro enfrentará dois pivôs da queda do Atlético-MG, em 2005, para a segunda divisão.

Em 2005, o jogo derradeiro que definiu a queda atleticana foi um 0 a 0 contra o Vasco no Mineirão. O time carioca era treinado por Renato Gaúcho.

Nesta segunda, o Cruzeiro enfrenta o Vasco. E na sequência, encara Renato Gaúcho e o Grêmio em Porto Alegre.

A batalha para o clube celeste não cair para a segunda divisão pela primeira vez em sua história continua.