<
>

Grupos da Euro são sorteados neste sábado, mas Bélgica vive situação insólita e já praticamente sabe sua chave

A Eurocopa ainda não conhece todos os seus participantes, mas seus grupos irão ser definidos neste sábado, às 14h (de Brasília), em sorteio que ocorre em Bucareste.

A edição será pioneira, uma vez que contará com 12 cidades-sede em 12 países diferentes. Além disso, a forma de classificação também foi alterada.

Ao todo, 20 dos 24 integrantes do torneio se classificaram por meio das eliminatórias. Os outros quatro participantes sairão dos playoffs, que contam com 16 seleções, que se garantiram por meio de seu desempenho na Liga das Nações.

Os potes foram definidos de acordo com o desempenho nas eliminatórias, o que fez com que, por exemplo, a Ucrânia entrasse como cabeça de chave e a França, atual campeã do mundo, entrasse no segundo escalão. Portugal, que venceu a última edição do torneio continental, está apenas no terceiro grupo.

No primeiro pote, há seis países-sede, sendo que a Bélgica e a Ucrânia são as outras duas. No pote 2, há Rússia e Holanda. Como russos e ucranianos não podem ficar na mesma chave por questões diplomáticas, já está definido que Bélgica e Rússia estão no grupo C, enquanto que Holanda e Ucrânia figuram na chave C.

Os belgas estão obrigados a encarem duas seleções que são sede. No pote C, a única que é a sede é a Dinamarca, que consequentemente vai para o grupo B. Além disso, já está determinado que País de Gales ou Finlândia irá ao mesmo grupo de Bélgica, Rússia e Dinamarca.

"É uma desgraça. Para mim isso soa como a distorção da competição. O futebol se tornou cada vez mais um negócio", afirmou Kevin de Bruyne ao jornal belga HLN.

Confira as possibilidades de grupos:

Grupo A

  • Itália

  • França, Polônia, Suíça ou Croácia

  • Portugal, Turquia, Áustria, Suécia ou República Tcheca

  • País de Gales ou Finlândia

Grupo B

  • Bélgica

  • Rússia

  • Dinamarca

  • País de Gales ou Finlândia

Grupo C

  • Ucrânia

  • Holanda

  • Portugal, Turquia, Áustria, Suécia ou República Tcheca

  • Vencedor do playoff A, C ou D

Grupo D

  • Inglaterra

  • França, Polônia, Suíça ou Croácia

  • Portugal, Turquia, Áustria, Suécia ou República Tcheca

  • Vencedor do playoff C ou D

Grupo E

  • Espanha

  • França, Polônia, Suíça ou Croácia

  • Portugal, Turquia, Áustria, Suécia ou República Tcheca

  • Vencedor do playoff B

Grupo F

  • Alemanha

  • França, Polônia, Suíça ou Croácia

  • Portugal, Turquia, Áustria, Suécia ou República Tcheca

  • Vencedor do playoff A, C ou D

Sedes

Group A: Estádio Olimpico, Roma (Itália) e Estádio Olímpico, Baku (Azerbaijão)

Group B: Estádio Krestovsky, São Petersburgo (Rússia) e Estádio Parken, Copenhague (Denmark)

Group C: Johan Cruyff Arena, Amsterdã (Holanda) e Arena Naționala, Bucareste (Romênia)

Group D: Wembley, Londres (Inglaterra) e Hampden Park, Glasgow (Escócia)

Group E: San Mames, Bilbao (Espanha) e Estádio Aviva, Dublin (Irlanda)

Group F: Allianz Arena, Munique (Alemanha) e Estádio Ferenc Puskas, Budapeste (Hungria)

Playoffs

As semifinais serão disputadas em jogo único em 26 de março de 2020. As finais ocorrerão também em jogo único em 31 de março. O vencedor de cada um das ligas se classifica.

Liga A

  • Islândia x Romênia

  • Bulgária vs. Hungria (vencedor joga a final em casa)

Liga B

  • Bósnia e Herzegovina vs. Irlanda do Norte (vencedor joga a final em casa)

  • Eslováquia x Irlanda

Liga C

  • Escócia x Israel

  • Noruega vs. Sérvia (vencedor joga a final em casa)

Liga D

  • Geórgia x Belarus (vencedor joga a final em casa)

  • Macedônia do Norte x Kosovo