<
>

Jornal relata sumiço na Bombonera de quadro histórico do título do Boca na Libertadores em 2007

Um quadro histórico da comemoração de Riquelme e Palermo após um dos gols contra o Grêmio na final da Copa Libertadores de 2007, quando o Boca Juniors venceu por 3 a 0, sumiu.

O jornal argentino Olé detalhou o sumiço e a busca pela peça. O quadro ficava em um hall do estádio de La Bombonera, junto a estátuas de ídolos e outros quadros de gols históricos, como o beijo de Caniggia e Maradona.

Na pintura, Riquelme está no alto, nos braços de Palermo, na comemoração do primeiro gol do time argentino na final contra o Grêmio, aos 18 minutos da primeira etapa.

Enquanto isso, nas redes sociais, o candidato a vice-presidente do clube Jorge Ameal publicou que o quadro estava à esquerda da ‘entrada de cultura’ do estádio. O Departamento de Cultura explicou ao jornal que os quadros são dos artistas, e não do clube, inclusive estão à venda, e decidiram tirar este de lá.

Torcedores do clube começaram a traçar hipóteses nas redes sociais sobre a possível localização do quadro, como o museu Benito Quinquela Martín, de mesmo nome do autor da obra, e o ginásio Quinquela Martín, mas a tela nunca esteve nesses lugares. Segue o mistério.