<
>

Flamengo: Willian Arão e Diego espantam 'maldições' particulares com conquista da Libertadores

play
Torcedor escuta gol do River pelo rádio e sai comemorando sozinho antes da festa geral (0:58)

Torcida argentina se reuniu em um local em Buenos Aires para acompanhar a final da Libertadores (0:58)

A conquista do Flamengo na Copa Libertadores, além do título, tem um sabor diferente para dois jogadores do elenco em especial.

Willian Arão e Diego, que terminaram o jogo em campo, contra o River Plate, em Lima, participaram de dois momentos frustrantes na história rubro-negra recente.

Eles são os únicos do atual elenco que estiveram em duas derrotas do time em jogos de mata-mata.

Copa do Brasil

Em 2017, com o colombiano Reinaldo Rueda no comando, o Rubro-negro perdeu a final da Copa do Brasil para o Cruzeiro de Mano Menezes, nos pênaltis.

Depois do 1 a 1 no Maracanã - gol de Paquetá, para o Flamengo, e do hoje flamenguista Arrascaeta, para os mineiros -, um 0 a 0 no Mineirão, em 27 de setembro, levou o jogo para as penalidades.

Diego teve participação determinante. Foi ele que errou o penal que deu a vantagem para a Raposa, que eventualmente resultaria no título.

Além dele, atuou naquele jogo, Willian Arão.

Independiente

Pouco menos de quatro meses depois, em 13 de dezembro, veio a final da Copa Sul-Americana, contra o Independiente, o Rey de Copas da América do Sul.

Novamente, o Fla não resistiu.

Na partida de ida, em Buenos Aires, os brasileiros saem na frente, com Réver. Mas levam a virada, com gols de Gigliotti e Meza.

No jogo de volta, o Maracanã recebeu mais de 63 mil pessoas, que viram Lucas Paquetá abrir o placar, aos 29. Dez minutos depois, porém, veio o empate com Barco, cobrando pênalti e garantindo o título para El Rojo.

Arão e Diego também estavam nesse jogo.

Neste domingo, a partir das 9 horas (de Brasília), o SportsCenter acompanha a chegada do Flamengo ao Rio de Janeiro e TODA a festa do título. Marcela Rafael comanda o programa com as análises de Fábio Luciano e o Mauro Cezar Pereira direto de Lima.