<
>

Neymar volta a campo sob um misto de vaias e aplausos, PSG vence e amplia vantagem no Francês

play
CR7 é substituído, mas Douglas Costa brilha e leva Juventus às oitavas da Champions League (0:42)

O brasileiro fez um golaço nos acréscimos do segundo tempo que garantiu a vitória da equipe italiana por 2 a 1 sobre o Lokomotiv na RZD Arena. (0:42)

E Neymar, enfim, voltou a campo. Na vitória do PSG sobre o Lille, pela Ligue 1, por 2 a 0, o brasileiro encerrou uma parada de 39 dias, devido a uma lesão muscular na coxa esquerda.

Desde o amistoso entre Brasil e Nigéria, em 13 de outubro, o camisa 10 não entrava em campo.

O retorno foi bom, embora discreto. Neymar participa da jogada do segundo gol, por exemplo, anotado por Di Maria - Icardi faz o primeiro.

Ele carrega a bola que sobra para Draxler rolar para o argentino bater na saída do goleiro.

O brasileiro foi sacado aos 19 do 2º tempo e acabou criticado por ir direto para os vestiários pela imprensa e nas redes sociais.

Ao longo da primeira etapa, o camisa 10 até participou bem da partida, pela esquerda do ataque. Mas sem algo muito digno de nota.

Neymar também demonstrou um certo nervosismo. Mais de uma vez, ele chutou a bola para longe, depois do apito do juiz

Com o resultado, o PSG abre 11 pontos de vantagem para o vice-líder Olympique de Marselha.

Ficha técnica

PSG 2 x 0 Lille

Gols: Mauro Icardi e Di Maria

PARIS SAINT-GERMAIN: Keylor Navas; Meunier (Dagba), Thiago Silva, Kimpembe e Juan Bernat; Marquinhos, Idrissa Gueye e Draxler; Angel Di Maria, Neymar (Mbappé) e Mauro Icardi (Cavani) Técnico: Thomas Tuchel

LILLE: Maignan, Çelik, Djalo, Fonte e Gabriel; Reinildo, André (Yazici), Soumaré e Xeka (Renato Sanches); Luís Araujo, Ikoné (Remy)Técnico: Christophe Galtier

Estatísticas

jogo de Neymar desde amistoso da seleção contra a Nigéria, em 13 de outubro.

Esse foi apenas o jogo dele na temporada.

Mas ele fez 4 gols nestas 6 partidas. Boa média: 0,67/jogo

Icardi já tem 10 gols pelo PSG: 6 na Ligue 1, 4 na Champions League


1º tempo com poucas chances; 2º aberto

Apesar de o placar apontar 2 a 0 para os parisienses já na etapa inicial, o primeiro tempo foi fraco de conclusões.

Com 58% de posse de bola, o PSG só chutou cinco vezes, tendo acertado a meta em três oportunidades.

O número de arremates foi o mesmo do Lille, que até acertou o gol uma vez a mais, com quatro.

Mas o que vale é bola na rede.

Na segunda etapa, o Lille chegou coim mais perigo e frequência que o PSG: 6 a 4.

Navas teve que fazer duas boas defesas, em chutes de Yazici.


Mbappé poupado no início

Tendo um compromisso contra o Real Madrid no horizonte próximo (terça-feira), Thomas Tuchel decidiu poupar Mbappé.

O atacante até empolgou a torcida, ao levantar-se para se aquecer na volta do intervalo.

Mas foi alarme falso. Logo depois que ele se levantou, o banco de reserva inteiros o seguiu.

Aos 18 do 2º tempo, no entanto, a troca veio. E ele entrou justamente no lugar de Neymar, que também foi descansar para o confronto com os espanhóis.


Na tabela

PSG, 1º - 33 pontos
Lille, 5º - 19 pontos


Próximos jogos

Na Ligue 1:

  • Sábado, 30/11, 16h: Lille x Dijon

  • Sáabado, 30/11, 13h30: Strassbourg x Lyon

Pela Champions

  • Terça-feira, 26/11, 17h: Real Madrid x PSG