<
>

Motim dos jogadores do Napoli pune o bolso: multa é de até 50% do salário

O presidente do Napoli, Aurelio De Laurentiis, não voltou atrás, e a multa ao elenco por não ter comparecido à concentração obrigatória após o jogo contra o RB Salzburg está mantida.

Na próxima segunda-feira se completa o prazo de 20 dias para a cobrança das multas que, de acordo com o estatuto do clube e os contratos de cada jogador, será entre 25% e 50% dos vencimentos brutos, segundo o jornal italiano Corriere dello Sport.

O Napoli entende que o motim danificou a imagem do clube e merece uma punição que toque não somente o salário, mas também a consciência dos atletas. Ainda segundo o diário italiano, o Napoli vai avaliar o salário que cada jogador recebe e a influência de cada um no motim.

Desta forma, o clube espera deixar o episódio no passado e voltar o foco para o Campeonato Italiano. O Napoli é o sétimo colocado da competição, com 19 pontos ganhos.