<
>

Chelsea de Lampard cobra R$ 100 mil de jogador que não chegar na hora para treino; veja multas

O técnico do Chelsea, Frank Lampard, estabeleceu a disciplina dentro do clube como uma prioridade e, para isso, impôs uma cartilha que se destaca por suas fortes punições econômicas.

Nas redes sociais, uma fotografia circula com os regulamentos para o elenco, e surpreende a quantidade de dinheiro que os jogadores que não cumprem as regras internas têm que pagar.

A multa mais alta é se atrasar para o treinamento. Os jogadores do Chelsea que não estão presentes para o início dos trabalhos têm que pagar mais de 25 mil dólares (R$ 104 mil na cotação atual).

Da mesma forma, jogadores que não estiverem no horário programado para as reuniões da equipe serão multados em US$ 642 (R$ 2,6 mil) por cada minuto que perderem da palestra técnica.

Os jogadores também devem pagar US$ 3,2 mil (R$ 13,3 mil) se estiverem atrasados para a partida do time no dia do jogo ou se não estiverem presentes para comparecer ao treinamento.

Por outro lado, algumas penalidades são curiosas: pagam US $ 1,2 mil (R$ 5 mil) se o telefone tocar durante a refeição ou reunião da equipe ou usar roupas erradas nas viagens oficiais do time.

Uma das multas mais interessantes é que os jogadores que não reportarem uma lesão ou doença antes do dia de folga ou de uma hora e meia antes do treino terão direito a uma penalidade de quase US$ 13 mil (R$ 54,3 mil).

O Chelsea está atualmente em terceiro lugar na Premier League, com 26 pontos e oito atrás do líder Liverpool.